Compartilhar:

Da Redação

Foram 192 jogos oficiais de Pará como titular e outros 113 de Rodinei. Desde 2015, quando Léo Moura deixou o clube após 10 anos e Pará assumiu a titularidade, os dois vêm se revezando como titulares na lateral direita rubro-negra — Rodinei chegou no ano seguinte. Embora tanto um quanto o outro tenham tido algumas fases nas graças da torcida, de maneira geral boa parte dos torcedores rubro-negros passou os últimos anos pedindo a contratação de um novo lateral-direito para assumir a vaga. Esse pedido finalmente foi atendido com a chegada de Rafinha, ex-Bayern de Munique, que foi apresentado nesta terça-feira como novo jogador do Flamengo.

Pará é o jogador há mais tempo ininterrupto no atual elenco profissional do Flamengo — o goleiro César, formado na base, já frequenta o grupo principal do Flamengo desde 2011, mas já passou por dois períodos emprestados. Ele chegou ao clube no início de 2015 como parte do acerto para o pagamento da dívida contraída pelo Grêmio com o Flamengo mais de uma década antes pela compra do meia Rodrigo Mendes. Pará é o jogador do atual elenco com mais partidas pelo clube (217), seguido de Willian Arão, que vestiu 194 vezes a camisa rubro-negra. Ele já marcou 4 gols e deu 14 assistências (a conta não inclui jogos de Campeonato Carioca, para o qual não estão disponíveis estatísticas de assistência). Agora, aos 33 anos e com contrato expirando no fim da temporada, pode acabar sendo o escolhido para deixar o Flamengo com a chegada de Rafinha — ele ainda não completou sete jogos no Campeonato Brasileiro, o que permitiria um empréstimo para outra equipe da Série A.

Pará: titularidade sempre contestada. Foto: Flamengo

Já Rodinei foi contratado à Ponte Preta no início de 2016 para ser titular, mas não se firmou na posição e acabou perdendo a vaga para Pará ainda naquela temporada. Em 2018, voltou a ser o titular por um período, mas perdeu de novo a posição. Autor do gol do título carioca em 2017, o lateral atualmente vem sofrendo com vaias da torcida desde que perdeu um gol inacreditável nos acréscimos contra o Vasco. Há registro de que outros clubes estejam interessados nele — Santos e Bahia são dois que já teriam feito proposta, o que pode fazer com que seja ele o escolhido para deixar o clube. Rodinei, de 27 anos, porém, tem contrato até 2022 — a renovação, no ano passado, causou polêmica. O lateral já marcou 8 gols e deu 7 assistências com a camisa rubro-negra.

rodinei flamengo
Rodinei: Altos e baixos dentro de campo. Foto: Flamengo

A janela para contratações do futebol brasileiro abre no próximo dia 1º de julho. A partir de então, começará uma corrida para regularizar Rafinha para a disputa da partida contra o Athletico-PR, no dia 10, pela ida das quartas de final da Copa do Brasil.

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Leia também

Compartilhar: