Após criticas, treinador do Flamengo eSports explica o corte de Evrot

Após criticas, treinador do Flamengo eSports explica o corte de Evrot

Na tarde de ontem, conforme noticiado aqui no MRN, a Riot Games veio a público para divulgar as escalações oficiais dos times para o CBLOL, e algo que estava sendo especulado se concretizou: o surpreendente corte de Danniel “Evrot” Franco, um dos destaques do Flamengo eSports no Circuito Desafiante, para a entrada de Bruno “Goku” Miyaguchi, ex-atleta da ProGaming e-Sports.

A torcida questionou bastante essa mudança, visto que Evrot teve um papel fundamental em vários jogos e criou identificação com a torcida graças as suas partidas com o campeão Azir, o Imperador das Areias, nome este que foi automaticamente associado ao ex-atacante Adriano Imperador, e depois de um tweet questionando ter sido curtido pelo jogador, o técnico Gabriel “MiT” Souza usou sua conta no twitter para explicar a decisão, justificando do ponto de vista técnico e financeiro o fato da mudança ter sido realizar :

“Bom. Já que teve like do mesmo vamos lá: Sim trouxemos reforços no Meio e na selva, era de meu interesse manter os jogadores para revesar (sic), mas não arco com as contas do clube. Visando investimento em outras áreas como Comissão técnica não foi possível.

O Goku, com uma checagem rápida no Oracles Elixir você poderá ver que os números dele em grande parte só foram menores que de Sky e Tockers. Essa foi nossa aposta. Evrot foi sim bem no DESAFIANTE, mas em treinos contra times do CBLOL ficou devendo.Além disso nas 2 oportunidades que o mesmo jogos contra times CBLOL. Que são eles: IDM(por ter subido) e Tone (por já estar lá), ele não teve uma atuação esperada. De forma que digo mais uma vez, era necessário um revezamento ao mínimo, porém, não foi possível.”

Já o jogador preferiu não se pronunciar e se limitou a ironizar as declarações de MiT logo em seguida na sua conta no Twitter

 

About The Author

ANÚNCIO

APOIADORES

ANÚNCIO

Siga-nos no Twitter

NOTÍCIAS DO FLAMENGO