Compartilhar:

Nesta sexta-feira (07), o técnico Tite convocou o meia Willian, do Chelsea, para substituir o atacante Neymar

Bruno Vicente, do MRN Informação

O suspense sobre qual seria o substituto de Neymar na Copa América foi encerrado pelo técnico Tite nesta sexta-feira (07). Para suprir a ausência do camisa 10, cortado após sofrer uma ruptura no tornozelo direito no amistoso contra Catar, o treinador escolheu o meio-campista Willian, do Chelsea. Com a decisão publicada no site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o comandante do time canarinho deixa mais uma vez de fora o atacante Vinícius Júnior.

Cria das categorias de base do Flamengo e, atualmente, jogador do Real Madrid, Vinícius era apontado por especialista do futebol como um dos favoritos a assumir a vaga deixada por Neymar. Junto com ele, também figuravam na lista de possibilidades o meia Renato Augusto, do Beijing Guoan, Lucas Moura, do Tottenham, Douglas Costa, da Juventus, e o atacante Dudu, do Palmeiras.

Além da crença por parte dos comentarias do futebol, a convocação do Garoto do Ninho também era vista com bons olhos pelos torcedores brasileiros. Em enquete realizada pelo site GloboEsporte.com, com os prováveis substitutos, Vini foi colocado, com 41% dos 340 mil votos computados, como o preferido para assumir a camisa 10.

Vinicius comemora gol em jogo contra o Ceará, ainda no primeiro turno do Brasileiro 2018. Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Vinícius Júnior foi convocado pela primeira vez para compor o elenco principal da Seleção Brasileira no mês de fevereiro deste ano. Na oportunidade, o atacante foi uma das novidades do técnico Tite para os amistosos contra Panamá e República Tcheca. Posteriormente, o jovem acabou sendo desconvocado, assim como Neymar, por conta de uma contusão no tornozelo direito.

Veja o comunicado feito pela CBF

O atacante Willian, do Chelsea, está convocado para a Seleção Brasileira e disputará a Copa América Brasil 2019. Ele foi chamado para o lugar de Neymar, desconvocado após o amistoso contra o Catar.

Como é determinado pelo regulamento da competição, a CBF enviou à Conmebol os laudos do exame que apontaram a lesão de Neymar. Após receber o aval da confederação, prosseguiu com a convocação do atleta.

O último jogo da temporada de Willian foi no dia 29 de maio, final da Europa League entre Chelsea e Arsenal, no qual ajudou seu time a se sagrar campeão da competição europeia.

Willian tem 70 convocações para a Seleção Brasileira, participou de 65 jogos e marcou oito gols. O jogador já está a caminho do Brasil e se junta ao grupo na manhã de sábado, em Porto Alegre, onde a Seleção enfrente Honduras. O último amistoso antes da Copa América será no domingo, às 16 horas, no Estádio Beira-Rio.

Créditos da imagem destacada: Divulgação/Nike
Compartilhar: