Para se manter vivo na disputa do título, o Flamengo recebeu o Botafogo no Maracanã, na tarde deste sábado (05), em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

De olho no líder Palmeiras, somente a vitória interessava para a equipe rubro-negra. Após 90 minutos com chances criadas por ambas as partes, o placar não saiu do zero e o empate foi um balde de água fria na torcida, que compareceu em peso ao clássico.

Um dos ingredientes do confronto foi a forte chuva que não deu trégua em nenhum momento. Em entrevista coletiva, o treinador Zé Ricardo comentou sobre a situação do gramado e salientou que, como o campo estava muito pesado, os jogadores foram afetados e o cansaço prejudicou a equipe.

O comandante ressaltou a entrega de seus jogadores, destacando que foi um jogo aberto, devido a obrigação de conseguir o resultado:

“Acho que a gente fez uma partida boa no primeiro tempo. Estivemos bem posicionados defensivamente, não corremos muitos riscos, mas tivemos as melhores chances. No segundo tempo, com exceção do minuto inicial, que acho que entramos um pouco frio, desatentos, e eles tiveram duas oportunidades no primeiro minuto, controlamos bem o jogo. O Botafogo é um time perigoso, sabe o que fazer com a bola. O Diego participou bastante do jogo no primeiro tempo e foi mais vigiado no segundo tempo. Tentamos forçar as bolas jogar no Guerrero. Mas hoje não era o dia. Perdemos chances de finalizar, mas fico satisfeito pela entrega. Saímos decepcionados, porque tivemos oportunidade de vencer e se reencontrar com a vitória. Vamos nos preparar para o próximo jogo, temos 10 dias para a próxima partida. É fazer preparação boa e voltar a vencer”.

Mesmo com o cenário adverso, o treinador do Flamengo prega luta até o final: “Foi uma partida de muita entrega. Tivemos melhores momentos do jogo, até pela proposta de lançar mão de abrir a equipe. Criamos contra-ataques, eles se defendem bem. Sabíamos que corríamos esse risco. Mas temos que agradecer a todos os atletas o empenho, a dedicação. Jogaram os 90 minutos. Vamos lutar por esses quatro jogos e deixar na mão do destino.”

Zé Ricardo completou falando que a campanha do Fla merece ser valorizada: “A gente está fazendo grande competição, isso não pode ser apagado. Quatro jogos que não vencemos e estamos em segundo lugar. Podemos até perder amanhã, mas estamos sempre perto do topo. A maior motivação que tentamos passar é que não vamos deixar jogar isso tudo fora. Tem que ter recompensa. Temos tudo para fazer grandes jogos, mas é entregar ao destino realmente. A diferença hoje está em quatro pontos, se aumentar amanhã fica muito difícil. A função do líder é motivar, isso não vai faltar“.

*Foto: Gilvan de Souza/Flamengo