Nesta terça-feira (18), a edição do Redação SporTV, programa comandado por André Rizek, discutiu, entre outros pontos, a ida de Diego Alves para o Flamengo. Na bancada estavam Xico Sá e Roberto Avallone, além de Fernando Kallás, que falou direto de Madri, na Espanha.


Todos elogiaram a contratação e falaram se tratar de um bom goleiro (não espetacular). Um ponto levantado por Kallás foi por qual motivo o goleiro não conseguiu ir para um clube de maior expressão na Europa mesmo tendo atuado em alto nível nos últimos anos.

Na sequência da discussão do assunto, Rizek falou sobre o goleiro ter escolhido o rubro-negro visando a Copa do Mundo de 2018 e colocou trecho da entrevista em que Diego Alves diz ter escolhido o Flamengo pensando exclusivamente no clube, e que ser convocado é uma consequência do bom desempenho mostrado no time pelo qual defende a meta. No trecho, o ex-Valencia ainda fala sobre a fama de pegador de pênalti (defendeu 51% das cobranças, como destacado pelo apresentador), e diz preferir que não haja penalidades contra o clube.

//platform.twitter.com/widgets.js

Ao fim da sua fala, o jornalista cearense fez uma brincadeira: “acho que o Diego pode ficar tranquilo porque não sai muito pênalti contra o Flamengo no Brasil não”, afirmou Xico Sá, arrancando gargalhadas dos companheiros e um “que maldade” do Rizek. Em seguida falou: “não costuma ser essa fartura, têm times que sofrem mais”.

Pegando o gancho na acusação debochada de Xico Sá, o nosso apoiador Vinicius Norske pesquisou os pênaltis marcados contra e a favor dos times que disputaram as edições de 2011 a 2017 do Campeonato Brasileiro. Veja a tabela:

Fonte: Footstats

O ano em que o rubro-negro mais teve pênaltis a seu favor foi em 2016, com sete penalidades anotadas, empatado com Fluminense, São Paulo e Chapecoense. O Vitória (8), liderou na temporada passada.

Com duas penalidades marcadas contra, 2016 ficou empatado com 2012 como as temporadas em que o Fla menos teve penalidades contra. Em contrapartida foi o 10º com mais pênaltis contra em 2011, o 3º em 2013, o 2º em 2014 e novamente o 3º em 2015.

Ao todo, somado esses anos, foram 25 pênaltis marcados a favor, o 9º neste quesito, que teve o Fluminense liderando (41), o São Paulo em segundo (38), Corinthians e Atlético-MG em terceiro (37). Contra o Flamengo foram 29, o 5º neste ranking, liderado por Internacional (37), seguido por Santos (35), Atlético-MG (32), São Paulo e Atlético-PR (30).

Os clubes com menos pênaltis marcados contra, dentre os que disputaram todas ou maioria das edições, são: o Palmeiras do Avallone (17), o Sport do Xico Sá, autor do deboche (18), Botafogo (19), o Corinthians do Rizek (20), Ponte Preta (21), Coritiba e Figueirense (22).

Em termos de saldo (pênaltis a favor – pênaltis contra), o Corinthians é quem tem o mais positivo (+17), seguido por Fluminense (+12), Cruzeiro e São Paulo (+8). Na outra ponta da tabela está o Inter (-14), o Atlético-PR (-11) e o Vasco (-8).

Essa é a prova viva de que o Flamengo não é ajudado como os rivais dizem e quanto alguns jornalistas querem mostrar.
Foto destacada no post e redes sociais: TV Cultura/Divulgação


 


O Mundo Rubro Negro precisa do seu apoio para não acabar, e melhorar ainda mais. Contribua mensalmente com nosso trabalho. Clique aqui: bit.ly/ApoiadorMRN

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!