Acordamos, depois de um empate sem graça contra o Volta Redonda, impactados com a declaração do Cuéllar.

O colombiano declarou em entrevista que deseja ter uma sequência de jogos. Normal. Esse é o desejo dele, do Rômulo, do Ronaldo… Hoje, quem conseguiu essa sequencia (leia-se Marcio Araujo e Willian Arão) não agrada 100% dos torcedores. E é nessa questão que devemos nos concentrar: Algum dos nossos volantes está jogando o suficiente para ser uma unanimidade?

Vamos pensar juntos: Alguém questiona a titularidade do Diego? E do Guerrero? Você, com certeza, vai me responder: Ah, não vale, são craques. Mas o Pará é craque? Alguém questiona a titularidade dele? Aí está a diferença. Os questionamentos só existem porque nenhum dos jogadores da posição é inquestionável.

A titularidade da posição se ganha com um menor índice de erros, em treinamentos e jogos. É uma posição que precisa de raça, bom desarme, boa saída de bola, velocidade e dinâmica de jogo. Nenhum dos nossos volantes tem tudo isso. E abrem brechas para que os torcedores questionem suas escalações. Independentemente de quem for escalado.

Para o meio do ano, eu, como gestor de futebol do Flamengo, buscaria um camisa 5 inquestionável. O Rômulo poderia ser esse cara, mas a adaptação ao futebol brasileiro, somada a grande expectativa em sua chegada, acaba por não dar, hoje, a confiança da torcida em seu nome. Uma situação bem difícil. Só para evitar polemicas, em minha opinião, esse 5 também não era o Felipe Mello.

Hoje, daria mais espaço ao Cuéllar. Uma sequência maior. Mas ainda não vi nele tantas qualidades que me fizessem ter total certeza dessa atitude. O Zé Ricardo, que acompanha a rotina de treinos do Flamengo, tem muito mais capacidade de analisar os melhores do que eu. O meu é palpite, o do Zé é análise.

Deixo aqui uma última reflexão, essa para nossa torcida: Apoio incondicional. Não vejo nomes, vejo o Manto Sagrado. Discutir jogadores faz parte da nossa rotina. Mas quando o Flamengo entra em campo, precisamos fazer valer a máxima de que entramos em campo junto com o time.

Saudações Rubro-Negras

Felipe Foureaux escreve todas as quintas-feiras. Siga-o no Twitter: @FoureauxFla

 


Este texto faz parte da plataforma de opinião MRN Blogs, portanto o conteúdo acima é de responsabilidade expressa de seu autor, assim como o uso de fontes e imagens de terceiros. O Mundo Rubro Negro respeita todas as opiniões contrárias. Nossa ideia é sempre promover o fórum sadio de ideias. Email: [email protected].

Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outra forma de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.