No Tijuca TC lotado, Fla vence Rio Claro e fica a uma vitória da semifinal do Novo Basquete Brasil 8

aToPxZ+t

Após vencer a primeira partida em São Paulo, o FlaBasquete retornou ao Tijuca TC para enfrentar o Rio Claro no segundo jogo das quartas de final do NBB 8. Buscando deixar a classificação encaminhada, José Neto mandou o seguinte quinteto para a quadra: Rafael Luz, Marquinhos, Jason Robinson, Olivinha e Jerome Meyinsse. Já Dedé Barbosa busca dar o troco e garantir a série até, no mínimo, o quarto jogo caso a equipe paulista vença, e para isso mandou a quadra: Tatu, Dedé, Gui Deodaro, Tiechmann e Daniel Alemão.



O rubro-negro começou a partida cometendo alguns erros, mas se aproveitando da ineficiência da equipe visitante, logo abriu 11 a 6 na metade do quarto inicial, graças a uma grande movimentação no ataque. Voltando a cometer erros bobos no ataque, a equipe carioca cedeu uma corrida de 8 a 0 para o Rio Claro e, com isso, cedeu também a liderança no placar, 14 a 13. Com uma marcação falha no perímetro, o Mais Querido viu a vantagem dos paulistas aumentar com 3 jogadas seguidas de três pontos até que JP Batista anotou sete pontos seguidos, virando a partida e dando números finais ao período, 24 a 20. Os destaques do quarto foram Tatu (RCA) com 9 pontos, JP Batista (FLA) com 7 pontos e Meyinsse (FLA) com 4 rebotes.

Com a segunda unidade em quadra, o Mengo aumentou ainda mais o placar, 30 a 22, com ótima movimentação de bola, forçando o primeiro tempo de Dedé Barbosa. Após o tempo, o Mengão continuou dando show, principalmente com as enterradas de Rafael Mineiro e a excelente partida de JP, 38 a 22, forçando outro tempo de um enfurecido Dedé. Após o tempo, Rio Claro conseguiu anotar quatro pontos seguidos, 38 a 26, e forçou o primeiro tempo de Neto. Após o tempo, a equipe visitante cortou ainda mais a diferença, e forçou outro tempo de Neto no fim do período, 40 a 31. Após o tempo, Pastor encerrou o primeiro tempo com uma bola de três, 40 a 34 (Fla 16 a 14 no período). Os destaques do quarto foi Rafael Mineiro (FLA) com 4 rebotes.

As duas equipes voltaram do intervalo errando muito, a exemplo do primeiro quarto, e o rubro-negro superou os erros e abriu 54 a 41 na metade do quarto, levando a torcida ao delírio e forçando o tempo de Dedé Barbosa. Após o tempo, o Orgulho da Nação abriu sua maior vantagem na partida, 59 a 41, mas Rio Claro respondeu novamente nas bolas de três e chegou a cortar a diferença para doze, mas JP Batista e Gegê aumentaram a vantagem e o Flamengo foi para o último quarto ganhando por 67 a 52 (Fla 27 a 18 no período). Os destaques do quarto foram Olivinha (FLA) com 11 pontos, Rafa Luz (FLA) com 4 assistências e Dedé (RCA) com 8 pontos.

No período final, Marcelinho desencantou, o Orgulho da Nação administrou e abriu dezesseis pontos de vantagem, 74 a 58. Após uma corrida de 5 a 2 dos paulistas, Neto parou a partida na metade do quarto, 76 a 63. Após o tempo, a equipe paulista tentou diminuir mais a vantagem mas os comandados de José Neto souberam controlar e garantiram a segunda vitória no confronto, Flamengo 93 x 73 Rio Claro. Se o Flamengo vencer mais um jogo, estará na semifinal do NBB 8.

O próximo compromisso do Orgulho da Nação é o jogo 3 contra Rio Claro no dia 23/04 às 14h30min no Tijuca Tênis Clube. A partida terá transmissão da RedeTV e tempo real do @MRN_CRF .

Destaques do Flamengo:

Pontos: Olivinha com 20 pontos

Assistências: Rafael Luz com 6 assistências


Rebotes: Meyinsse com 11 rebotes

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!