Para o jornalista, o empate diante do inferior Palestino parecia ser o objetivo de Zé Ricardo, no Chile.

“O time começou copm duas linhas de 4 quando se defendia e utilizava Alan Patrick como o articulador de contra-ataques. Não funcionou muito bem no primeiro tempo.
No segundo tempo o Palestino pressionou mas o time rubro-negro conseguiu melhor configuração tática ofensiva. O gol saiu dos pés de um jogador que ninguém esperava. Novamente uma substituição do treinador surge efeito e o Flamengo sai com um ótimo resultado no jogo de ida das oitavas da Copa Sul-Americana”, explicou Roman.

Veja