Passada toda a euforia do jogo contra o menor de Minas é chegada a hora da resenha.



Admito que temia pelo pior, ainda mais vindo de uma sonora derrota lá em SP, mas o time se comportou muito bem diante de um dos melhores elencos do Brasil e mostrou estar com vontade.

A cada jogo que passa fica nítido que Zé Ricardo conquistou o elenco e conseguiu implantar seu estilo. Não concordo com a titularidade de alguns jogadores, mas olhando para o time tri-eliminado e para o time de G4 fica evidente a mudança.

O time está bem treinado e a maior prova disso foram os desfalques, que pouco mudaram a característica de jogo do time.

O time foi pra cima no início, pressionou bastante pela direita, pressionou a saída de bola adversária e fez um gol cedo no jogo. Isso deu uma tranquilidade maior ao time, que impôs seu ritmo na partida. O atlético só conseguiu sair pra jogar depois da parada técnica aos 30 do primeiro tempo.

No segundo tempo eles voltaram melhor e chegaram a assustar por duas vezes, mas isso até o segundo gol do Flamengo. A partir daí tivemos um ou outro lance de susto mas o Flamengo não deixou de jogar e continuou tendo chances. Felipe Vizeu poderia ter feito o terceiro dele na partida mas faltou perna.

Vitória maiúscula e importante demais para o moral e para os planos no campeonato. Atlético fez a sua pior partida ofensiva acertando apenas dois chutes no gol, não tiveram chances desde o início.

O campeonato não está exigindo muito e as forças flamengas entraram em ação, esperamos que a diretoria saiba aproveitar isso e monte um elenco à altura de brigar por algo. É o mínimo que pode fazer para salvar esse ano.

Vizeu tá aí. Foram dois gols de artilheiro, faro de gol. E acho que a concorrência do Leandro Damião não será tão prejudicial, até porque temos duas ótimas competições para fechar o ano e eu quero brigar pelo topo das duas. Os 3 centroavantes terão oportunidades para jogar.

E pra finalizar eu vou dizer algo que todos sabem: Mancuello não é banco nesse time.

O argentino foi pro jogo com febre, jogou com raça, movimentou bem, deu toque pro primeiro gol, manteve a posse de bola nos momentos necessários e complicou a vida da defesa atleticana. Jogou à frente do Arão mas sem fazer a função do Alan Patrick.

Se o time é feito dos melhores jogadores que existem no elenco o Mancu certamente tem a vaguinha dele nessa lista aí.


Até a próxima, SRN.

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!