O Flamengo oficializou hoje o patrocínio da Uber. A empresa de transporte particular estampará sua marca nas camisas de treino e microfones de entrevistas coletivas por 45 dias,

No anúncio da parceira, o Flamengo descreveu a Uber como “empresa que está transformando a forma como as pessoas se movimentam pelas cidades”. Nas redes sociais, alguns taxistas começaram a fazer campanha para a compra de produtos piratas do Flamengo, dizendo que o clube apoia a ilegalidade. A Uber funciona no Rio com base em liminar, já que a Câmara dos Vereadores já aprovou duas leis proibindo a atuação da empresa, atendendo a lobby de taxistas.

O Flamengo disse esperar que o acordo temporário seja “apenas o início de uma longa parceria de sucesso”. O orçamento do clube projeta aumento de R$ 25 milhões nas receitas com patrocínios para 2017. Leia a parte da entrevista exclusiva do MRN com o vice-presidente de Marketing Daniel Orlean que fala sobre o tema.