Eleito para a seleção do Campeonato Carioca e muito bem também na Libertadores, onde já marcou dois gols, o versátil Miguel Trauco — que jogou a maioria das partidas como lateral-esquerdo, mas também já atuou como ponta e meia, como no jogo de domingo — não gostou nada do seu desempenho na final, na qual acabou substituído por Rodinei, autor do segundo gol da vitória rubro-negro.

Questionado pelo jornal peruano “Líbero” sobre que nota se concedia, Trauco não se poupou:

— De um a dez, menos dois. Sou muito autocrítico, não tenho por que enganar ninguém. Sei que foi uma partida muito ruim, mas serve como aprendizado — afirmou o jogador.

 
 
O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN


Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.