Aos 21 minutos o jogo estava se encaminhando para uma vitória. O Flamengo finalmente conseguiu controlar o ímpeto da Ponte Preta, que terminara a etapa inicial melhor.

Quando um chutão do goleiro Aranha encontrou o atacante Willian Pottker e a defesa do Flamengo mal postada.

O Espírito Santo Rubro-Negro inteiro estava representado no estádio de Cariacica por aqueles capixabas que lotaram as arquibancadas mondrianistas. Por um segundo o baque do empate silenciou a torcida, um segundo literalmente. Eles confiaram, voltaram a gritar Mengo de forma linda e gutural. E o time trabalhou.

Foi amassando o esquete campineiro, o empurrando pra dentro de sua própria área. O time de Eduardo Baptista se segurava mas também não deixou de ser perigoso nos contra-ataques. O comentarista em rede nacional, que nunca vestiu o Manto Sagrado nos seus tempos de jogador, aconselhou que o empate não era ruim, melhor guardar a casinha dia, levar um ponto pra casa, do que nenhum. 40 milhões xingaram a ideia e o comentarista. Nós não somos assim. O Flamengo quer o hepta, ele quer a vitória nesta noite de independência brasileira.

Quer entrar par o grupo de Whatsapp do MRN? Clique aqui!

Zé Ricardo é da casa. Sangue de Carlinhos corre nas veias. Tirou Márcio Araújo e colocou Mancuello aos 26 minutos. Jogando muito bem, o Argentino Sangue Bom dividiu a responsa com Diego. O 35 pôde infiltrar-se mais na área. Por último, com o cronômetro marcando cerca meia-hora da etapa derradeira, Zé tira Everton e coloca Fernandinho.

Trabalha e confia. É o lema dessa gente raçuda e fiel. Desse Time e dessa Nação.


E coube a Fernandinho novamente materializar a fé do povo. Assim como no último jogo, mais uma vez o contestado ponta-esquerda salvou. Depois de uma jogada pela direita, bicicleta furada de Diego, rebote de Aranha. Fernandinho, que mais do que nunca acreditou que os humilhados serão exaltados, colocou no fundo do barbante adversário. As redes sociais vibraram, as linhas retas de Piet Mondrian se curvaram na arquibancada do Kleber Andrade.

E nesta noite de idolatria, o discurso religioso do nosso pastor converterá de alegria até o flamenguista mais incrédulo:

“Só tenho a agradecer. Fico realmente emocionado porque as coisas de Deus são tremendas. Não tem explicação. A gente tenta entender… [suspira]… Não dá, não dá pra entender. Mas eu glorifico em nome do Senhor. Em momentos importantes Deus tem me honrado, me abençoado. Parabéns ao grupo pela determinação e vontade”.

O Flamengo enfrenta o Vitória neste sábado (10) no Barradão. Na próxima quarta-feira (14) enfrenta o Palmeiras, na casa do adversário e sem presença da Nação Rubro-Negra no Allianz Parque. Então compareça ao embarque no Rio e ao desembarque em São Paulo para apoiar esse grupo compromissado.

Com a vitória sobre a Ponte Preta o Flamengo soma 43 pontos e continua na vice-liderança do Brasileiro, 3 pontos atrás do Palmeiras.
 

Imagem destacada: Arte sobre foto de Gilvan de Souza/Flamengo 

 

Sócio-torcedor tem o orgulho de jogar junto em cada vitória: o dinheiro vai para o Futebol e traz mais reforços, revelações e estrutura para o CT. E ainda tem vantagens nas lojas oficiais para comprar o Manto e vestir com orgulho! Clique e faça sua adesão agora.

 

20160504110336_588