A imprensa sul-americana repercutiu a grande vitória do Flamengo na estreia da Libertadores. Veja abaixo como alguns portais trataram a goleada por 4×0 contra o San Lorenzo:

Olé (Argentina)


O jornal, que após o empate contra o Fluminense havia chamado a defesa rubro-negra de fraca, desta vez escreveu que o Flamengo “passou por cima” do San Lorenzo, que “nunca pôde fazer frente” no Maracanã

La Nación (Argentina)

O jornal chamou a derrota do San Lorenzo de “estrepitosa” e disse que o Flamengo aplicou uma “surra” na equipe argentina.

Clarín (Argentina)

O diário diz que o San Lorenzo foi “espancado” pelo Flamengo. “O sonho copeiro do San Lorenzo teve um início muito mais parecido a um pesadelo”, diz a matéria.

El Bocón (Peru)

O jornal peruano destacou o “gol soberbo” de Miguel Trauco. A vitória rubro-negra foi capa do diário esportivo.

Líbero (Peru)

Outro jornal esportivo peruano que deu espaço na capa para a vitória rubro-negra com gol de Trauco. A reportagem diz que o Flamengo teve uma atuação “de sonho” e “esmagou” o San Lorenzo

Ás (Colômbia

Na versão colombiana do jornal espanhol, o grande destaque, além da atuação, foi para o Maracanã. O texto diz que o Flamengo “resgatou” o estádio, abandonado após a Olimpíada, e foi premiado com “uma impressionante comunhão entre time e arquibancada”

El Mercurio (Chile)

O veículo do país da Universidad Católica, próximo adversário do Flamengo, destacou a má atuação do chileno Paulo Díaz, que cometeu o pênalti em Gabriel, e disse que no segundo tempo começaram a “chover” gols rubro-negro