Orgulho é a palavra que melhor define o sentimento das famílias dos “Meninos do Ninho”, que foram, na manhã desta quarta-feira (19), receber o time infantil do Flamengo no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro. O horário – 5h – não foi empecilho para que uma linda festa fosse realizada no saguão desembarque do aeroporto. Com direito a faixa e hino do clube, os familiares festejaram a chegada dos meninos que tiveram uma boa participação no Torneio Memorial Stefano Gusella, disputado em Turim, na Itália.

“É uma emoção única o que estamos vivendo. Eles conquistaram o quinto lugar, mas para nós foi como tivessem sido campeões”, declarou Jaqueline, mãe do lateral-direito Marcos Felipe.

Enquanto Felipe Vizeu, Lucas Paquetá e Ronaldo ganharam espaço no time profissional, e Vinicius Junior, Lincoln e Michael despontam como boas promessas no juniores, a “geração 2002” vai aparecendo com destaque nas categorias de base do Flamengo. Lázaro, eleito melhor jogador do torneio disputado na Itália, é o expoente dessa turma que embora ainda desconhecida, pede passagem na Gávea.

“Foi algo incrível a oportunidade que esses meninos tiveram de pegar uma experiência  internacional, de conhecer outros modelos de jogos e jogadores com características diferentes. Muito deles nunca tinham viajado nem para fora do Rio de Janeiro e foram para Itália. Estou muito orgulhoso de todos eles pela brilhante que fizeram. Esses grupo e muito unido e tem tudo para ir muito longe”, disse Alex, pai de Daniel Cabral.

O bom futebol mostrado em solo europeu é reflexo do trabalho que vem sendo realizado com  a base rubro-negra. Na última temporada, a geração 2002 já havia conquistado a Copa Dadazinho, em Belo Horizonte, considerado um dos principais torneios da categoria no país. Ainda em 2016, os Meninos da Gávea venceram o Campeonato Metropolitano, disputado no Rio. O primeiro título do Flamengo na temporada 2017 veio com o time infantil. Em janeiro, o sub-15 conquistou a Copa Brasil Votorantim.

Daniele, mãe de Douglas, também aprovou a experiência. “Foi uma experiência ótima dada a esses meninos que puderam conhecer times diferentes e aprender ainda mais para seguirem nessa carreira. Eles chegaram em quinto lugar e nós estamos muito orgulhosos dos nossos filhos”. 

Campanha em Turim

O Flamengo estreou no Torneio Memorial Stefano Gusella derrotando o Centallo (ITA) por 3 a 0, com gols de Dedé, Reinier e Daniel Campos. Na segundada rodada do Grupo E, o Rubro-Negro venceu o Junior Napoli por 2 a 0, e garantiu vaga nas oitavas de final do torneio, com os gols de Lázaro e Samuel. Já classificado, os Meninos do Ninho golearam o Hollandia por 6 a 0, garantindo a liderança do grupo, com 9 pontos. Os tentos foram anotados por Dedé, Daniel Campos, Maycon, Samuel, Reinier e Arthur Pablo.

Nas oitavas de final uma nova goleada sobre um time italiano. Com gols de Daniel Campos (2), Daniel Cabral, Reinier, Lázaro, Marcos Felipe, Samuel e Dedé, o Flamengo superou o  A.C. Bra por 8 a 0. Contra o Sampdoria, nas quartas de final, o Flamengo sofreu o seu primeiro gol  no torneio, não conseguiu reagir e acabou derrotado por 1 a 0.

Mesmo sem chances de título, a equipe infantil seguiu em Turim para definir sua colocação final no torneio. Na disputa do quinto ao oitavo lugar, os Meninos da Gávea derrotaram o Cagliari por 3 a 1, com gols de Samuel (2) e Reinier, e golearam o Junior Napoli por 7 a 0 (Reinier (2), Samuel (2), Lázaro, Hugo e Arthur Pablo), terminando o torneio de forma digna na quinta colocação.

Saldo: seis vitórias e uma derrota; 29 gols marcados e apenas dois sofridos; Reinier e Samuel artilheiros da equipe; Lázaro eleito o melhor jogador da competição.

“A importância de realizarmos um intercâmbio disputando competições internacionais como essas, é proporcionar aos nossos atletas a oportunidade de jogarem contra e de se relacionarem com as principais equipes do futebol mundial, enfrentando atletas de diferentes culturas e modelos de jogo. Não temos dúvidas de que isso dará a eles uma experiência fantástica tanto nas suas vidas pessoais, que também é uma grande preocupação nossa, como no seu desenvolvimento desportivo. Além disso, podemos balizar o nível de nossos atletas com o principal mercado do futebol”, explicou Carlos Noval, Diretor do Futebol de Base do Flamengo, ao site do clube.

 

[metaslider id=35198]


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.