O Flamengo não chegou a um acordo com o Grêmio para renovar o empréstimo do atacante Fernandinho e ele deve se reapresentar ao clube gaúcho para a próxima temporada, segundo informação do portal UOL.

Pelo atual acerto, o Flamengo pagava apenas parcela do salário de R$ 350 mil de Fernandinho. Para renovar o empréstimo, o Grêmio queria que o Flamengo arcasse com o valor total, o que impossibilitou o acordo. O vice-presidente de futebol do Grêmio, Odorico Roma, confirmou ao UOL que Fernandinho se reapresenta ao clube no próximo dia 11 de janeiro, data do início da pré-temporada.

Com isso, enquanto os reforços não chegam, diminuem as opções no ataque para o técnico Zé Ricardo, já que o contrato de Emerson Sheik não será renovado. Outro que já manifestou interesse de sair e virou possível moeda de troca é Marcelo Cirino.

Os principais nomes especulados para a posição vêm se mostrando difíceis: o Vitória não abre mão de receber a multa de cerca de R$ 17 milhões para liberar Marinho e o CSKA pede ainda mais para negociar Vitinho. O vice de futebol, Flávio Godinho, disse que a possível troca envolvendo Marcos Guilherme, do Atlético-PR, é mera especulação. Outro nome que surgiu ontem é o do também gremista Pedro Rocha.

Fernandinho marcou três gols e deu três assistências no Campeonato Brasileiro. Ele ainda marcou o gol que classificou o Flamengo às oitavas de final da Copa Sul-Americana, contra o Figueirense.