Ao prever que dificilmente conseguiria segurar o lateral-esquerdo Jorge no Flamengo, eleito melhor da posição no último Brasileirão, por muito tempo, Rodrigo Caetano apenas não esperava que o peruano Trauco, entraria em campo como titular tão cedo. A boa atuação do diante do Boavista, na estreia do Campeonato Carioca, foi recebida com grande alívio, porém não resulta na solução completa tendo em vista um ano com cinco competições, incluída a tão aguardada participação na Libertadores.

Na noite desta segunda-feira, em evento que celebrava a parceria de marketing entre a rede de escolas de idiomas Yes! e o Flamengo e a apresentação do meia Diego como embaixador da marca, o diretor-executivo concedeu entrevista a Túlio Rodrigues, do Blog Ser Flamengo. Rodrigo Caetano falou sobre a chegada de Berrío, a conclusão do planejamento de contratações com a chegada do colombiano e a necessidade de estar atento ao mercado com a venda de Jorge ao Monaco.

— Aquilo que nós tínhamos planejado, em relação às nossas necessidades, realmente a gente completa com a chegada do Berrío. É óbvio que a saída do Jorge ela nos permite, ou pelo menos nos obriga a ficarmos atentos a questão de uma necessidade na lateral-esquerda mas apenas isso. — explicou Caetano.

Concomitante ao discurso de atenção ao mercado para a chegada de um novo lateral, Rodrigo Caetano ressalva a importância de se tentar achar soluções no próprio clube, usando jovens talentos da base.

— Nós temos que também abrir espaço para os jogadores mais jovens. Essa é uma filosofia do clube e você só consegue isso realmente reduzindo um pouco elenco. Temos grandes jogadores nas divisões de base e o Flamengo tem como modelo um maior aproveitamento. E é isso: qualificar ao invés de quantificar o elenco para que esses meninos tenham espaço também. — esclareceu.


Rodrigo Caetano aposta na base para suprir carências. Moraes está sendo testado. Foto: Gilvan de SOuza / Flamengo

Rodrigo Caetano aposta na base para suprir carências. Moraes está sendo testado. Foto: Gilvan de SOuza / Flamengo

O lateral-esquerdo sub-20 Moraes foi chamado pelo técnico Zé Ricardo para treinar junto ao elenco profissional no trabalho desta segunda-feira já visando os preparativos para o jogo diante do Macaé pela segunda rodada do Carioca. Com 19 anos, Moraes não estava sequer relacionado para a Copa São Paulo Júnior. Chamado às pressas por Gilmar Popoca para o lugar do lesionado Michael de 17 anos, este sim visto como uma boa promessa por especialistas, Moraes acabou sendo um dos destaques do Flamengo.

Moraes ainda terá que provar que pode ser inscrito no Campeonato Carioca. O prazo para novas inscrições vai até 10 de fevereiro, véspera do clássico contra o Botafogo, pela quarta rodada, e o Flamengo ainda tem direito a inscrever mais cinco jogadores, já contando a vaga deixada por Jorge. Orlando Berrío deve ser um deles — o jogador chegou ao Rio nesta manhã e será apresentado hoje no Centro de Treinamento George Helal.

 
O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.