O Flamengo se reencontrou com a vitória no Brasileirão neste último domingo (17), e já virou a chave para a próxima partida, na quarta-feira (20), contra a Chapecoense. O confronto é válido pelas oitavas de final da Sul-Americana. O Mais Querido amargou um empate em 0 a 0 no jogo de ida, na Arena Condá, e a vaga vai ser definida nos 90 minutos finais.


Após treino ocorrido nesta manhã, o zagueiro Rhodolfo concedeu entrevista coletiva na sala de imprensa do Ninho do Urubu. Falou sobre a expectativa do próximo jogo, a postura do Flamengo em campo e até do apoio ao Muralha.

Perguntando sobre a postura no jogo que decretou a vitória no domingo, Rhodolfo foi enfático.

Nosso time entrou com uma postura diferente, tivemos uma conversa na semana sobre o que poderíamos melhorar, todo mundo se ajudou. Temos que manter essa mesma pegada, mesma raça pra jogar contra a Chapecoense. Nosso foco primeiro é neles. O professor Rueda sempre passa os jogos do time adversário, sempre treina em cima da equipe adversária. O Flamengo tem uma característica, têm jogadores de qualidade e onde formos, tem que ir pra ganhar –  disse.

O camisa 44 lembrou sobre o mês ser bastante decisivo e com muitos jogos, falou sobre manter o foco a cada partida e frisou sobre como Rueda vem trabalhando com o rodízio de jogadores.

Ele (Rueda) está tentando colocar em prática nos treinamentos, conversa muito com os jogadores. Mas é difícil manter o padrão pois tem que mudar muito a equipe. Sorte que o Flamengo tem um grupo de muita qualidade, que dá conta do recado. Alguns jogadores vêm sem ritmo pra entrar, então não é fácil, a gente tem muito o que evoluir com o trabalho do professor- declarou.

Sem fugir do assunto que norteia os mais variados debate dos rubro-negros, Rhodolfo frisou o quão importante é o apoio ao goleiro Alex Muralha.

Conversamos bastante com o Muralha neste final de semana, ele sabe que o grupo tem confiança nele, é um jogador de qualidade que chegou à seleção brasileira e num clube gigante que é o Flamengo. Acho que falta ele pegar um pouco da confiança que ele tinha antes, é difícil. A torcida foi fundamental gritando o nome dele, dá uma motivação e a gente fica muito feliz.

– Jogar no Flamengo todos os jogos são muito importantes. Estamos muito focados nesse jogo contra a Chapecoense. O time tem que entrar com a mesma postura que entrou contra o Sport. Cada jogo está sendo uma final- finalizou.


Crédito imagem destacada: Gilvan de Souza

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!