O presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello foi até a CBF reclamar da arbitragem de Anderson Daronco no duelo contra o Botafogo, na última quarta-feira, no estádio Nilton Santos.

Segundo informação levantada por Igor Siqueira, do LANCE!, o Flamengo reclamou “dentro do critério” estabelecido pela entidade, “anexando vídeos, mandando por escrito, em lances que fomos clamorosamente prejudicados”, como ressaltou o presidente, que ainda alfinetou o alvinegro quando questionado sobre a ida do presidente botafoguense à CBF nas vésperas a escolha da escala pro clássico, solicitando que o árbitro designado não tivesse histórico de contratempos com o Botafogo: “Deu certo, pelo visto”, disse Bandeira.

O mandatário rubro-negro ainda citou alguns nomes dos quais ele prefere que passe longe dos jogos do Fla, como o de Heber Roberto Lopes, que em julho do ano passado não advertiu Fágner após entrada dura que tirou Ederson dos gramados por um ano; Sandro Meira Ricci, pivô de polêmica em um Fla-Flu de 2015, quando marcou um pênalti a favor do tricolor após lance de ombro a ombro envolvendo Pará; e Rodrigo Nunes Sá, do qual reclamou bastante após um duelo contra o Vasco, que pressionou bastante a arbitragem na véspera do jogo e saiu beneficiado do clássico, em 2014.




O Mundo Rubro Negro precisa do seu apoio. Contribua mensalmente com nosso trabalho. Clique aqui: bit.ly/ApoiadorMRN


Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!