Na manhã deste sábado (24), na Gávea, o Flamengo garantiu classificação para a decisão da Taça Rio Sub-20, ao derrotar o Fluminense por 1 a 0. Após o jogo, o técnico Gilmar Popoca conversou com Mundo Rubro Negro e comentou sobre a vitória rubro-negra no clássico. Popoca também contou como fez para recuperar os jogadores após a derrota nos pênaltis na decisão da Copa do Brasil e projetou a estreia dos Garotos do Ninho no Campeonato Brasileiro.

O treinador rubro-negro reconheceu que sua equipe teve uma atuação ruim no primeiro tempo do clássico. Apesar da vitória por 1 a 0, o goleiro Gabriel Batista foi o melhor jogador em campo, com três excelentes defesas, que garantiram a classificação dos Garotos do Ninho.

“Nós sabíamos que hoje o jogo seria dificílimo. Foi muito mais emocional do que propriamente físico. Fizemos um primeiro tempo muito ruim, com a marcação muito errada, desencontrada. O Fluminense conseguia jogar entre as nossas linhas, entre os volantes e os nossos zagueiros. O Gabriel Batista fez um grandioso jogo. E no segundo tempo equilibramos um pouco as ações, recuperamos a posso de bola no meio-campo, começamos a organizar melhor a marcação. Com isso a equipe cresceu e tomou conta do jogo. Poderíamos até ter feito um resultado maior. Mas foi um jogo difícil. Clássico é clássico”, declarou.

Popoca contou como foi o trabalho da comissão técnica para recuperar emocionalmente os jogadores após a derrota nos pênaltis para o Atlético-MG na decisão da Copa do Brasil.

“Foi uma semana de bastante conversa. Procuramos deixar o ambiente muito leve. Conscientizamos os jogadores de que eles fizeram uma excelente campanha e que a temporada continua. Eu mesmo, com toda a minha experiência, fiquei um pouco ressentido, principalmente depois que assisti os lances e vi que tínhamos tudo para vencer. Houve até um pênalti a nosso favor. Eu não sou muito de reclamar de arbitragem, mas foi um pênalti claríssimo. O árbitro estava no lance e não sei porque não quis marcar. Então foi todo um trabalho durante a semana para que a cabeça deles voltassem para outra competição, que também é muito importante para nós”, disse.


Em meio a semana de jogos decisivos da Taça Rio, o Flamengo fará sua estreia no Campeonato Brasileiro Sub-20. A delegação rubro-negra viaja na terça-feira para Curitiba, onde enfrenta o Coritiba, na quarta (28), no Estádio Couto Pereira. Popoca não pretende poupar nenhum atleta para este confronto, mesmo tendo uma decisão para disputar três/quatro (ainda não foi definido) dias depois.

“Vamos para Curitiba com o que temos de melhor. Nossos jogadores sabem que a vida de quem joga em time grande é dura. Não temos descanso. Remamos desde o início da Copa do Brasil e agora vamos buscar a classificação no Campeonato Brasileiro também. Viajaremos terça, jogaremos na quarta, na quinta será o retorno e na sexta faremos um trabalho regenerativo, já pensando na final da Taça Rio no fim de semana”, finalizou  o treinador.

O adversário do Flamengo na decisão da Taça Rio sairá do duelo entre Vasco e Nova Iguaçu, que jogam nesse domingo (25), em São Januário. A grande final será disputada no próximo fim de semana. Haverá um sorteio para definir qual clube terá o mando de campo da partida.

&nbsp:
Foto: Gilvan de Souza 

 


O Mundo Rubro Negro precisa do seu apoio para não acabar e melhorar ainda mais. Contribua mensalmente com nosso trabalho. Clique aqui: bit.ly/ApoiadorMRN