Select Page

Péssimo resultado

Péssimo resultado

Flamengo cede empate dentro de casa, e terá uma missão complicada no jogo de volta em Pernambuco


Por Igor Pedrazzi – MRN Informação

Anúncio de novo técnico, bastidores movimentados, ex dirigente mais uma vez colocando o nome do Flamengo em página policial. Nada melhor do que uma vitória no final da quarta feira para acalmar os ânimos, o que não ocorreu. O Flamengo empatou com Náutico por 1 x 1 no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. O duelo de volta só ocorrerá em julho.

Time comemora o gol de Wallace no primeiro tempo.

Time comemora o gol de Wallace no primeiro tempo.

O JOGO

O time visivelmente correu mais. Alguns jogadores mostravam mais vontade, dividiam mais bolas, mas a qualidade ainda não apareceu no Maracanã nos jogos do Flamengo em 2015. Um jogo pobre tecnicamente, mas com incríveis 92% de aproveitamento do time do Flamengo nos passes. Com a bola rolando, o Mengo já criou boa chance logo aos 2 minutos. Num ótimo lançamento de Arthur Maia, Alecsandro não conseguiu dominar a bola frente ao goleiro. O Flamengo com posse de bola sofria para penetrar na marcação do Náutico, que jogava com os 10 atletas atrás da linha da bola. Aos 11′, Paulinho costurou e puxou para direita, chutando rasteiro para a tranquila defesa de Júlio César. O Náutico respondeu aos 15′, em jogada perigosa com William Magrão com um chute que carimbou a trave. Pouca criatividade e quase nenhum trabalho aos goleiros depois disso. Com 28′, Armero levanta na área e Alecsandro cabeceia para a grande defesa de Júlio Cesar no seu canto baixo.

Precisando fazer vantagem, o Flamengo começava a pressionar a saída de bola adversária e foi recompensado aos 43 minutos. Escanteio cobrado por Arthur Maia que encontrou Cáceres no terceiro andar, o paraguaio cabeceou no travessão e na volta o capitão Wallace só deslocou o goleiro advesário, 1 x 0 Flamengo e mais nenhuma emoção até o intervalo. O Flamengo era muito superior na posse de bola com 62%, mas não conseguiu fazer valer essa vantagem.

Vem a segunda etapa e logo no primeiro minuto o Flamengo criava uma chance cristalina. Arthur Maia em boa partida, faz bela jogada pela direita e acha Alecsandro na área. O atacante finaliza, mas o chute é evitado pela defesa. No minuto seguinte com o time ainda desarrumado no campo defensivo, Paulo Victor foi obrigado a sair do gol para tirar a bola dos pés de Douglas, que ficaria com o gol aberto. Aos 8′, Canteros coloca a bola na área, a zaga adversária corta mal, e Armero aparece fora da área para aproveitar a sobra. Marino atrapalha o lateral do Flamengo, mas com falta. E na cobrança, Canteros bate com categoria e a bola caprichosamente passa ao lado da trave. Canteros perderia uma chance clara de gol aos 21′, após tabela com Márcio Araújo, o meia argentino entra sozinho na área mas chuta mal e a bola sai pela linha de fundo.


O Flamengo pressionava no campo de ataque, e os poucos torcedores que foram ao Maracanã tentavam empurrar o time. Mas aos 30′ o castigo por dominar o jogo e não converter em gol veio. Marino, avança com liberdade e acha Douglas no meio da zaga. O atacante domina e bate no canto esquerdo de Paulo Victor, gol do Náutico. A partir do empate adversário, o Flamengo pressionava desorganizado, os erros do time de Luxa voltavam. Já em completa falta de coesão do time, Jayme tira Cáceres e coloca Eduardo da Silva aos 41 minutos do segundo tempo, enquanto isso a equipe pernambucana ia se animando no jogo. O Flamengo não conseguia mais trocar três passes seguidos e ainda viu Josimar criar boa chance para o Náutico, aos 43. Com uma sequência de chuveirinhos pra área, o time era inofensivo. A zaga adversária pouco era exigida. Final de jogo com vaias no Maracanã e um péssimo resultado, Flamengo 1 x 1 Náutico.

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO 1X1 NÁUTICO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 27/06 – 22h
Árbitro: Fransisco Carlos do Nascimento (AL)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA-SP) e Guilherme dias de Camilo (FIFA-MG)
Cartões Amarelos: Willian Magrão, Armero e Gastón
Cartões Vermelhos:
Público/Renda: 7.001 presentes/R$ 158.710,00
Gols: Wallace (42’/1°T) e Douglas (30’/2°T)

FLAMENGO: Paulo Victor; Pará, Bressan, Wallace e Armero; Cáceres (Eduardo da Silva 40’/2ºT), Canteros, Almir (Márcio Araújo 5’/2ºT)e Arthur Maia (Matheus Sávio 25’/2º T); Paulinho e Alecsandro. Técnico: Jayme de Almeida.

NÁUTICO: Julio Cesar, Guilherme, Flávio, Fabiano Eller, Gaston, João Ananias, Rogerinho (Josimar 34’/2ºT), Marino, Pedro Carmona (Renato 20’/2ºT), Douglas e Willian Magrão (Bruno Alves 30’/2ºT). Técnico: Levi Gomes

 

@MRN_CRF

About The Author

ANÚNCIO

PRINCIPAIS POSTS

ANÚNCIO

TV MRN

Loading...

Assine nossa Newsletter

ANÚNCIO

Ajude o Mengão!

Banner_300X300

ANÚNCIO

Siga-nos no Twitter

%d blogueiros gostam disto: