Se dentro de campo a história se repetiu, com vitória do Flamengo por goleada, no boletim financeiro foi a mesma coisa: o rubro-negro foi o único clube grande a ter lucro na terceira rodada, enquanto os rivais mais uma vez acumularam prejuízo.

Embora tenha ficado com apenas 18% da renda bruta do jogo contra o Nova Iguaçu, o Flamengo arrecadou R$ 39.122,13 – quantia ínfima se comparada à de bilheteria de jogos pelo Campeonato Brasileiro, mas ainda assim uma situação bem melhor que a dos rivais.

O pior caso é o do Botafogo: o alvinegro amargou um prejuízo de mais de R$ 292 mil pelo jogo contra o Macaé no Engenhão e em três rodadas já soma um rombo superior a R$ 636 mil. A situação de Vasco e Fluminense é menos desesperadora, mas os dois também voltaram a ter prejuízo, respectivamente de R$ 35 mil e R$ 22 mil.

Já a Ferj nunca tem prejuízo – está sempre lucrando, principalmente às custas do Flamengo. Os R$ 20.500 embolsados pela entidade no jogo contra o Nova Iguaçu correspondem a 51% de tudo o que a Ferj arrecadou na rodada. No campeonato, 72% da arrecadação da Ferj com taxas vêm de jogos do Flamengo.

Veja como está a tabela de arrecadação/prejuízo depois de três rodadas:


borderos tres rodadas