A torcida do Flamengo nunca “comprou” tanto a briga do Flamengo na Libertadores logo desde o início. Literalmente. Pela primeira vez na História do clube na competição, a torcida esgotou os ingressos de todas as partidas do clube na fase de grupos, estabelecendo a maior média de público do Flamengo nessa etapa do torneio em 12 participações.


É verdade que o Maracanã teve uma redução de capacidade com a reforma para a Copa de 2014, mas este não é o fator que explica as lotações. Como o MRN mostrou num levantamento, o jogo contra o San Lorenzo foi o segundo maior público de uma estreia do Flamengo em casa na competição – superado apenas pelo jogo inaugural de 1982, já válido pela fase semifinal, para a qual o Flamengo se classificou diretamente com o título em 1982. Em todas as outras oportunidades, portanto, o Flamengo teve ao menos um público inferior a 40 mil torcedores na primeira fase — quando não todos, caso de 1983, 1984, 1993, 2002, 2007, 2010 e 2012.

Na última participação do Flamengo na Libertadores, o Maracanã só esteve lotado para o terceiro jogo, contra o León. Contra Emelec e Bolívar, o público presente esteve na casa de 39 mil e 42 mil espectadores. Mesmo assim, aquela competição já tinha marcado um aumento de interesse pelas partidas da primeira fase em relação às participações anteriores do Flamengo, estabelecendo a maior média de público na primeira fase até a edição atual. Em 2012, 2010 e 2007 o Flamengo chegou a jogar para cerca de 15 mil pessoas no jogo de menor interesse da primeira fase; em 2008, o menor público foi de cerca de 28 mil pessoas.


Em 1983, o melhor público do Flamengo na primeira fase foi de 13,7 mil torcedores. Naquela edição, o clube registrou o seu menor público em Libertadores — 1.629 pessoas na goleada de 5×2 contra o Bolívar — e a menor média — pouco mais de 7 mil torcedores por partida.

Até esta edição, o Flamengo só havia superado a marca de 50 mil torcedores presentes no Maracanã em jogos de primeira fase três vezes na História: em 2008 contra o Nacional (51.363), em 2014 contra o León (60.451) e em 1981 contra o Atlético-MG (62.763 espectadores, maior público do clube nesta etapa até hoje). Na atual edição, a marca foi superada em todas as três partidas, dobrando o número total na História.

Veja as médias do Flamengo nas primeiras fases:*

1981- 42.483
1983- 7.144
1984- 21.438
1993- 11.431
2002- 15.776
2007- 25.565
2008- 37.155
2010- 24.601
2012- 26.182
2014- 47.537
2017- 56.882

* Em 1991, o público das partidas realizadas em Cuiabá, contra o Corinthians, e em Brasília, contra o Bella Vista (URU) não foi divulgado. Em 1982, o Flamengo entrou diretamente na fase semifinal. O número de 2017 considera os 52 mil ingressos já vendidos para o jogo de amanhã

 
 
O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.


Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!