Após a publicação de uma reportagem do “Extra” apontando que o Flamengo pode não realizar na Ilha sua estreia na Libertadores, no próximo dia 8 de março, e optar por Brasília, o vice-presidente de Administração Rafael Strauch, responsável pela obra, publicou o seguinte tweet:

O MRN decidiu seguir a recomendação e consultou o capítulo sobre estádios do regulamento da Libertadores. Eis o que ele estabelece:

– Os estádios terão o uso autorizado somente quando a Conmebol aprovar sua habilitação. Para essa habilitação, a Conmebol precisa de uma certificação oficial de capacidade emitida pela associação nacional (no caso, a CBF) e um certificado de segurança emitido pela entidade responsável por segurança em estádios no país. Após receber esses documentos, a Conmebol, pode ainda, se considerar necessário, fazer uma inspeção para aprovar a habilitação do estádio. Como a reforma do estádio da Ilha não terminou, naturalmente nenhum desses procedimentos ainda foi adotado, a apenas duas semanas da realização do jogo.

– As equipes podem transferir suas partidas a cidades que não sejam as de sua residência habitual e estejam localizadas a mais de 100 km de distância unicamente com a aprovação do clube rival e comunicando a mudança à Conmebol com dez dias de antecipação. No caso de Flamengo x San Lorenzo, esse prazo se esgota na próxima segunda-feira. Como o Botafogo não cede para o Flamengo o Engenhão nem o Vasco cede São Januário e não existe nenhum outro estádio com mais de 10 mil lugares – exigência mínima da Libertadores – disponível no Rio de Janeiro ou num raio de 100 km, esse prazo de antecedência de 10 dias é o limite para o Flamengo definir se vai poder usar o estádio da Ilha ou terá que jogar em outro lugar.

Ou seja, o Flamengo tem seis dias para conseguir a liberação, em meio ao Carnaval – o que indica que é bastante difícil imaginar que o jogo de estreia possa de fato acontecer na Ilha.

 
 
O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.