Nesta terça-feira (05), o Flamengo vota a aprovação da renovação de direitos do Brasileiro com a Globo.

O ex-Vice-Presidente de marketing do clube, Luiz Eduardo Baptista, o Bap, presidente da Sky, é aguardado no Salão Principal, onde, segundo alguns sócios, pedirá a palavra para um pronunciamento contra a favord o acordo apreciado. Uma reunião do grupo formado por apoiadores da antiga Chapa Verde está marcada para hoje à noite. A ideia é juntar esforços para não deixar o acordo passar. A ideia é formalizar a intenção de apoio ao projeto, deixando interesses oposicionistas e estabelecendo uma nova e importante atuação, levando o lema “Acima de Tudo o Flamengo” ao pé da letra.


Preocupados com um possível veto, membros da Situação também se mobilizam, Membros dos grupos políticos alinhados com Eduardo Bandeira, desconhecendo a intenção de Bap e seus apoiadores de votarem a favor do contrato, se mobilizam para a reunião, esperando que cada voto seja decisivo para o resultado.

 

Entenda o contrato a ser votado no Conselho Deliberativo

  • Período: 2019 a 2024
  • Luvas de 120 milhões: 1ª parcela de 70 milhões apenas cinco dias após a assinatura; 2ª parcela de 30 milhões em 2019 e; 20 milhões em 2021
  • Para atender uma prerrogativa forte dos demais clubes a Globo se viu pressionada a criar uma mecanismo de igualdade. Com isso, 40% das cotas da  TV Globo e o do SporTV serão distribuídas de forma igualitária, 30% de acordo com a posição no Brasileiro e os últimos 30% por audiência.
  • pay per view passa a ser a maior fonte de receita. As estimativas são de que o Fla alcance 18,5% dos assinantes, o que garante entre R$ 120 milhões a R$ 140 milhões.
  • As vendas de publicidade nas placas de campo é receita 100% do Flamengo. É difícil prever a valoração dessa propriedade em 2019, porém, algumas estimativas afirmam valores na casa dos 20 milhões.
  • Exibição internacional: Caso a Globo venda os jogos para o mercado externo o Flamengo assegura os royalties de exibição em outros países.

 

E quanto por ano?

Bem, essa é uma pergunta difícil de responder. A verdade é que tudo depende do time em campo. Se em 2019 tudo ocorrer bem, de acordo com o contrato o Mengo pode faturar uma quantia bem próxima a 250 milhões. Caso o time faça uma campanha mediana, como em 2015 por exemplo, o valor pode cair em até 10 milhões.

Mesmo com muita discussão acerca das cotas mais igualitárias nas transmissões abertas e fechadas, podemos afirmar com segurança que a margem de ganho para os outros times não diminuiu de forma alguma. Até em um cenário pessimista o Fla mantém um aumento em relação ao contrato atual. Brigando sempre no topo da tabela é difícil não julgar que este não é um bom contrato, opinião compartilhada por alguns especialistas também.

Vinicius Paiva, do sempre preciso Blog Teoria dos Jogos, afirma em excelente coluna: “Numa ótica otimista, o clube atingiria até R$ 282 milhões. Na média, estima-se algo em torno de R$ 250 milhões anuais – R$ 1,6 bilhões, se considerarmos o agregado 2019-2024. E sem contar os direitos pelo Carioca e demais torneios”.

 

Voto contra a favor

Presidente da Sky, maior operadora de TV por assinatura do Brasil, Bap é a esperança dos sócios que não enxergam com bons olhos a aprovação do presente acordo com a Globo para convencer os indecisos. Entretanto, aqueles que votam contra apenas por questões políticas vão se surpreender com os argumentos técnicos de Bap, que mostrará que será uma insanidade não aprovarem o contrato.

A diretoria acredita que o grupo político que apoia o empresário mais uma vez quer assegurar apenas uma vitória política. A diretoria, porém, conta com o apoio de Bap. O CEO Fred Luz, obteve, inclusive, consultoria de Bap durante a negociação com a Globo. Como ocorrera com o projeto de venda do terreno do Casarão de São Conrado, rejeitado pelo Conselho recentemente. O Casarão, que abrigou jogadores no passado, continua abandonado e sem solução a curto prazo.

Por outro lado, Em seu esperado pronunciamento, Bap pode realmente jogar mais luz sobre esta questão, vital para o destino do clube. Em um momento em que a Globo, provavelmente pela primeira vez, encontra um adversário a altura no seu negócio. visto que diversos clubes fecharam com a Turner (Esporte Interativo) a transmissão em TV fechada.

Além disso, existe o fator macroeconômico, o país vive uma das maiores recessões das últimas três décadas. Muitos se perguntam se é realmente válido fechar uma acordo neste cenário. Bap poderá responder alguns destes questionamentos na reunião de amanhã.

 

Os riscos da não-aprovação

Interlocutores ligados a diretoria afirmam a rejeição no CoDe seria péssima para o Fla. Um dos problemas apontados é que os outros clubes, devido ao suposto vazamento do contrato, agora têm ciência dos termos apresentados pela Globo ao Flamengo e farão exigências maiores em seus contratos.

Caso o atual acordo seja negado pelos sócios a Globo pode ser pressionada pelos demais clubes a diminuir os valores.

Há também o medo da Globo dificultar posteriores negociações no futuro. Um parecer da diretoria espera solucionar todas as dúvidas na reunião marcada para às 19h30 desta terça.

 

 

*Bap e dirigentes foram procurados pela reportagem mas não retornaram o nosso contato.


 

NOTA: Esta é uma retratação à matéria que foi publicada nas segunda-feira (04/04). Nosso compromisso sempre será com a verdade. A matéria original expressava um sentimento de muitos interlocutores do Clube de Regatas do Flamengo. Essa errata terá o mesmíssimo espaço de divulgação do que a matéria que acabou apresentando-se contendo inverdades. Esperamos assim dar uma resposta com hombridade não para os detratores amargurados do MRN, e sim para nossos queridos admiradores. Pedimos mil desculpas para você que acredita no MRN. É por você que teremos mais cuidado da próxima vez, tenha certeza.

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!