Nada mudou.

É muito difícil, e nada recomendado, fazer qualquer coisa de cabeça quente, mas é necessário falar sobre o Flamengo.

Após mais uma derrota vergonhosa no ano, me lembrei da também vergonhosa entrevista do EBM pós-eliminação na Libertadores para o Mauro Cezar Pereira, ainda na Argentina. Naquela entrevista o presidente/VP de futebol disse com todas as palavras pra quem quisesse ouvir: “Se alguém está pensando em caça às bruxas, pode tirar o cavalinho da chuva”.

Uma clara declaração de que nada ia mudar. E nada mudou.

Essa eliminação era pra doer na alma e no corpo, era pra entrar no vestiário e comer no esculacho esse elenco frouxo, eram pra sair de lá sentindo falta do colo da mãe de tanto esporro que tomaram. Mas nada mudou, todos aqueles que contribuíram para mais um vexame internacional continuam no time, no corpo técnico e na diretoria.


Nada muda desde 2013, o ano 1 da diretoria azul. Todos os que assumiram o cargo de VP de futebol na diretoria azul eram pessoas inexperientes no cargo, nenhum veio do “mercado”, todos formados e competentes em outras áreas. Sem falar de outros nomes do DP de futebol, como Fernando Gonçalves, o tal “coach psicológico”. É só olhar para esse time em frangalhos para ver que seu trabalho não está funcionando.

O técnico Zé Ricardo é apenas a ponta mais fraca, mas não menos importante, desse DP de futebol inútil que acumula vexames.

A eliminação da Libertadores era pra ser um momento de reflexão, de análise dos erros e mudanças no time. Não foi o que aconteceu. Zé preferiu morrer abraçado aos seus perebas de estimação, continuou insistindo em Vaz/MA/Arão/Muralha/Gabriel/Damião e agora se vê perdido em meio a um mar de cobranças e resultados pífios.

Mas Zé Ricardo não pode ser o único a pagar o pato, tem mais gente aí pra ser cobrada e ter seu trabalho reavaliado. Rodrigo Caetano montou o time com 19 derrotas no BR de 2015, montou o time eliminado de tudo em 2016 e eliminado da Libertadores 2017, mas segue firme e forte em seu cargo, garantido por uma renovação de contrato até o fim de 2018. Vergonha de quem foi no aeroporto gritar “Caetano é nosso rei”.

É muito fácil ser funcionário do Flamengo. Mauro Cezar Pereira fez uma ótima comparação entre o Flamengo azul e o funcionalismo público: o funcionário chega, faz o serviço e vai embora. Sem cobranças porque não importam os resultados, são intocáveis em seus cargos.

Mas quem vai cobrar esses e outros nomes do DP de futebol? O presidente/VP de futebol é um senhor mimado, egocêntrico e prepotente. Já bateu boca com torcedores enquanto o Flamengo era eliminado da Copa do Brasil pelo Fortaleza. Manteve no cargo uma pessoa investigada na Lava Jato, chegando a chama-lo de “01 do grupo azul”. Vai pra televisão defender os perebas do elenco, como foi com o zagueiro Wallace e com Márcio Araújo.

Sinceramente, eu não tenho mais ilusão alguma com esse Flamengo azul, um clube sem alma de Flamengo e com um time frouxo igual seus gestores. 6 pontos em 15 disputados, eliminado da Libertadores na primeira fase e classificado no sufoco na Copa do Brasil. Colecionadores de vexames.

Ou mudam o DP de futebol ou nunca vão conseguir alcançar grandes resultados. Mas já vimos que o presidente/VP de futebol não tem colhões para fazer tais mudanças.

SRN.

 
George Castro é colaborador do Mundo Rubro Negro desde os primeiros dias. Já escreveu matérias no MRN Informação e agora desfila suas opiniões aqui no blog Resenha Rubro-Negra
Siga-o no Twitter: @George_CRF e @RESENHA_MRN

 


Este texto faz parte da plataforma de opinião MRN Blogs, portanto o conteúdo acima é de responsabilidade expressa de seu autor, assim como o uso de fontes e imagens de terceiros. O Mundo Rubro Negro respeita todas as opiniões contrárias. Nossa ideia é sempre promover o fórum sadio de ideias. Email: [email protected].

Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outra forma de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.