Treinador novato fortalecido, primeira pré-temporada nos módulos profissionais tão sonhados inaugurados com pompa e circunstância no final do ano passado, nenhuma saída de jogador titular, chegada de três dos quatro reforços pontuais pretendidos pelo Departamento de Futebol para o início desta temporada e cinco jogadores convocados para o simbólico Brasil x Colômbia do dia 24/01. Este pode ser até um resumo razoável do futebol rubro-negro pós-férias a poucas horas do primeiro compromisso em campo do ano.

Porém, o que a torcida quer mesmo saber é qual o time que enfrentará o modesto Vila Nova, às 18h30, no Serra Dourada.

A semana de treinos do Flamengo continuou priorizando o condicionamento físico dos atletas, mas Zé Ricardo começa a transmitir ao grupo suas ideias táticas para a temporada. Infelizmente, estas partes do treino são fechadas para a imprensa e é até por isso que jogo de logo mais será ganha importância fundamental. Não sabemos muito do que esperar do time. É a hora de identificar algum tipo de variação ao 4-3-3 que ficou batido na reta final do Brasileirão. Ao menos o rascunho na prancheta.

A entrada de Mancuello no lugar de Gabriel pode sinalizar a oxigenação do esquema. Só que Mancuello não pode ser cobrado como um assistente fundista de lateral. O argentino sabe defender, trabalhou como segundo volante por diversas ocasiões na carreira. Entretanto nem de longe tem as características que fizeram do fraco Gabriel um titular de Zé Ricardo. Com Diego de ponta-de-lança clássico, trazendo do círculo central, armando na intermediária adversária e infiltrando sem pudores, Mancuello pode vir a fazer neste jogo o papel ao qual Conca possa estar destinado. Entretanto é mais fácil pensar que Zé Ricardo está mesmo tentando encontrar um meio de campo com Mancuello para o time do Flamengo sem pensar no conterrâneo que acabou de chegar da China.

Da mesma forma que o canhoto Mancuello pode trabalhar na direita, como meia-direita acionando as passagens de Pará e as chegadas surpresas de Arão, e não como ponta-direita acionado pelos dois, Éverton pode também trabalhar por este lado, trocando com Mancuello e dando mais profundidade. Uma das características mais positivas de se ter Mancuello de um lado e Éverton de outro é justamente a troca repentina de lados entre os dois.


A expectativa em torno de Jorge é muito grande. O Seis rubro-negro é visto por toda comissão técnica como postulante legítimo a titular da Seleção Brasileira. Sua primeira convocação, deixando o promissor Zeca de fora mostra que o crescimento técnico, físico e psicológico apresentado no segundo turno do Campeonato Brasileiro foi percebido também pelo insuspeitável Tite. ZR deve insistir portanto na dobradinha Jorge-Éverton. O clube precisa ver em campo o resultado desses primeiros dias de pré-temporada para apontar sem medo de errar sua mira para o segundo atacante a ser contratado.

A manutenção de Márcio Araújo deve ser vista com naturalidade. O volante terminou como titular e n~]ao serão os últimos treinos que o levarão a condição de reserva. Pelo menos nos 45 minutos iniciais. O que a torcida espera do treinador é que Cuéllar ou até Ronaldo seja visto em campo.Amistoso serve pra isso, se o entendimento de que o colombiano é segundo volante ainda for uma convicção, Arão precisa ser o substituído para que uma dupla Ronaldo e Cuéllar seja testada contra o fraco Tigre da Vila Famosa. Apesar das brincadeiras da torcida em relação à titularidade de MA, é Arão no momento o jogador insubstituível. No futebol rezam regras imemoriais e uma delas é que jogadores de seleção brasileira são homens muito fortes em qualquer elenco de clube.

E Cuéllar tem uma vantagem grande sobre MA com sua convocação. O nosso Ferrugem soube muito bem fazer seu marketing pessoal nas férias. Por diversas vezes invocou o nome de seu país e da expectativa do povo colombiano no seu futebol. Demostrou para seu treinador colombiano que sua condição de reserva aqui no Rio pode ser atribuída a fatores indiferentes ao seu rendimento nos treinos. Antes que pensemos que isso quer dizer falta de meritocracia da parte de Zé Ricardo é mais fácil trabalhar com a ideia do encaixe. O time encaixou com MA, o técnico precisava de estabilidade e mexer no que estava dando certo para tentar dar mais certo ainda pode ser um passo maior do que a perna, uma armadilha, aliás, que caem muitos treinadores jovens e afoitos pela alcunha de “O novo Guardiola”. Zé Ricardo escolheu a precaução, ganhou o grupo com esta simplicidade. Sem contar a simpatia do presidente Eduardo Bandeira de Mello, fã confesso do trabalhador Marcinho.

flamengo pré-temporada 2017

Funcionários e dirigentes do clube estão impressionados com o clima positivo entre os jogadores nestes primeiros dez dias de concentração. Bons amigos, a cada dia a avaliação dos psicoterapeutas do Ninho é a melhor possível. E por outro lado a impressão de alguns jogadores é muito positiva em relação ao staff contratado por Rodrigo Caetano para atender a rotina do grupo dentro da concentração. Mozer transmite disciplina com uma postura sólida e discreta e seu pouquíssimo envolvimento com a mídia.

Godinho não causa perturbações ao elenco próprias de um dirigente amador — em momentos de crise teve habilidade e nas fases “rumo a Tóquio” não se excedeu. Pela avaliação de alguns conselheiros e funcionários do clube, a forma como o Cheirinho de Hepta foi conduzido por todo o Departamento de Futebol, que soube trabalhar muito bem junto com a Comunicação, é vista internamente como uma verdadeira case de sucesso. O clube soube blindar o grupo ao mesmo tempo sem deixar de angariar as benesses midiáticas que só a torcida do Flamengo sabe produzir. Depois de décadas de ruído e no diálogo com a Nação finalmente a Comunicação encontrou um tom, dosando a genética megalomaníaca da Nação Rubro-Negra com o sensível mundo do futebol.

Finalmente o extracampo é notícia positiva no Flamengo e pode vir a ser o maior reforço do Flamengo na temporada.
O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.