O fim de uma longa invencibilidade custou caro para o Flamengo. Jogando no Kleber Andrade, em Cariacica, diante de um ótimo público, o Mais Querido enfrentou o Palestino, do Chile, no jogo de volta da Copa Sul-Americana e com atuação fraca, acabou derrotado, perdendo por 2 a 1 e sendo eliminado da competição.



Não foi uma noite fácil para o rubro-negro. Com a vantagem conquistada no jogo de ida, quando venceu por 1 a 0 na última quarta-feira no Chile, o Flamengo enfrentou o Palestino novamente com time misto, apostando principalmente em manter o resultado do primeiro confronto. Diego, Réver, Jorge, Willian Arão, Gabriel e Everton foram poupados por Zé Ricardo, ficando no Rio de Janeiro e Emerson Sheik voltou a ser relacionado.

O que se viu em campo foi um Mais Querido que se manteve saindo e criando apenas pelas pontas, mas sem conseguir finalizar um chute sequer no gol do Palestino. Enquanto isso, na parte defensiva, o Fla encontrou dificuldades para segurar a vontade adversária. Os chilenos tinham a desvantagem e foram para cima desde o início, exigindo mais atenção de Alex Muralha.

Em primeiro tempo bem abaixo do que a torcida se acostumou a ver, o Flamengo acabou sofrendo seu primeiro golpe aos 32 minutos, quando, após cobrança de falta na trave, Cereceda abriu o placar para o Palestino no rebote, pegando a bola completamente sozinho. Mesmo depois de perder sua vantagem, o Mais Querido não conseguiu melhorar seu desempenho e ser realmente agressivo. No último lance da etapa inicial, Valencia chutou de longe e Alex Muralha não conseguiu chegar a tempo, deixando o placar em 2 a 0 para o intervalo.

Na volta, Zé Ricardo optou por não fazer alterações e o Flamengo continuou com muitos problemas e aos 10 minutos, o treinador rubro-negro precisou mudar, tirando Cuéllar e colocando Mancuello. Com isso, o Fla começou a melhorar, mas ainda encontrou poucos espaços para marcar. A segunda aposta de Zé foi Emerson Sheik, que substituiu Marcelo Cirino pouco depois.

Ainda sem assustar o goleiro do Palestino, a primeira boa chance do Mais Querido foi aos 20 minutos, quando Pará invadiu a área e foi derrubado. O juiz assinalou pênalti e Alan Patrick não desperdiçou, mandando no canto do goleiro chileno e diminuindo a desvantagem. A partir deste momento, as duas equipes passaram a buscar muito outro gol, já que qualquer mudança no placar poderia garantir a vaga para alguém. O equilíbrio seguiu até o fim e o Flamengo não conseguiu fazer outro gol, perdendo e sendo eliminado em casa.

Após a derrota, o Flamengo volta a focar apenas no Campeonato Brasileiro. No próximo sábado (1), o Mais Querido viaja até a capital paulista para enfrentar o São Paulo no Morumbi, às 16h.

Ficha Técnica

Flamengo 1×2 Palestino

Data: 28/08/2016

Local: Estádio Kleber Andrade, Cariacica – ES

Horário: 21h45

Flamengo: Alex Muralha; Pará, Juan, Rafael Vaz e Chiquinho; Márcio Araújo e Cuéllar (Mancuello); Alan Patrick; Fernandinho, Guerrero (Felipe Vizeu) e Marcelo Cirino (Emerson Sheik). Técnico: Zé Ricardo

Árbitro: Diego Haro


Assistentes: Braulio Cornejo e Víctor Ráez

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!