Na tarde deste sábado (9), o Flamengo encarou o Boavista em duelo decisivo pelo Carioca. Com a volta de Mancuello e mais uma tentativa de 4-4-2 de Muricy, o Rubro-Negro bateu o adversário por 3 a 0 com gols do argentino, de Marcelo Cirino e Paolo Guerrero. Após a partida que permitiu ao Fla respirar no campeonato, os jogadores comemoraram o resultado e a apresentação do time.

Autor de um belíssimo gol de falta, Mancuello ressaltou a importância de um bom resultado e comentou sua comemoração: “O time precisava de uma vitória e graças a Deus aconteceu. Tirei a má sorte que tive em jogos anteriores. Agradeço aos meus companheiros e à comissão técnica por tudo que vêm fazendo por mim. Estou feliz. O time precisava dessa vitória”, disse.

Alan Patrick, titular mais uma vez, falou sobre a busca pela classificação no Estadual: “Temos mais um jogo importante para buscarmos a classificação. Voltamos a vencer, estamos no caminho certo. Agora temos que correr atrás, está ao nosso alcance, vamos lutar para isso.

O técnico Muricy Ramalho também comentou o bom placar e falou sobre o novo sistema usado por ele. “Fizemos um bom jogo, mas temos que fazer mais jogos com esse sistema tático. O (Alan) Patrick tem muita facilidade. Com certeza, já senti que pode variar. Temos bons jogadores para essas variações”, disse.

O comandante rubro-negro ainda fez questão de exaltar a partida de ‘Mancu’, que voltou de lesão e fez a diferença em campo: “Foi acima do esperado. Ele se entrega muito, foi bem. É um jogador leve, tem facilidade. Vem treinando há muito tempo. Jogador que vai nos ajudar bastante.”


Muricy também falou sobre Alan Patrick. Além de relembrar a época de Santos, destacou a técnica do camisa 19, mas fez questão de falar de sua movimentação. “É um jogador raro no passe e no um contra um. Não podemos tirar a característica de passe dele, mas com certeza, tem que se mexer um pouquinho mais. Acho que é um toque a mais no meio campo nosso.”

Por fim, o técnico comemorou o fim do jejum de Guerrero e se mostrou otimista para os próximos jogos: “Para eles (atacantes), mesmo que seu time ganhe, se ele não faz o gol,  fica doente. E ele (Guerrero) estava procurando. O que mais chama atenção nele é que a palavra guerreiro ele usa mesmo. É um cara muito profissional, que quer melhorar todo dia. Vai começar a fazer gols com certeza.”

O próximo desafio do Flamengo no Campeonato Carioca é contra o Bangu, no próximo domingo (17), no Estádio Moacyrzão, em Macaé, às 16h.