Em entrevista coletiva, Wallace fala sobre trabalho em 2016: “Flamengo não pode ser coadjuvante”

Em entrevista coletiva, Wallace fala sobre trabalho em 2016: “Flamengo não pode ser coadjuvante”

Voltando ao campo depois da vitória contra o Bangu no sábado, o Flamengo treinou na manhã desta segunda-feira no Ninho do Urubu. Após os trabalhos no campo e na academia, o zagueiro Wallace foi o escolhido para falar com a imprensa. Durante a coletiva, o jogador comentou sobre a evolução em 2016, o revezamento entre titulares e sobre Ederson.



“Pior do que estava não ficava. O time tem que evoluir. Muricy cobra que cada um cumpra sua função e nós nos cobramos para ajeitar as linhas de marcação. Pressão a gente sofre sempre da mesma forma, foi assim em todos os anos que passei no Flamengo. Nosso rendimento no ano passado não foi o adequado com as peças que tinha. Esse ano tinha que melhorar, porque o Flamengo não pode ser coadjuvante.”

Wallace também comentou sobre a atenção aos dois campeonatos – Carioca e Primeira Liga – que o Flamengo disputa: “O foco são os dois. Contra o Figueirense precisamos somar pelo menos um ponto. No Carioca é jogo a jogo, mas vamos brigar pelas duas competições. Estamos aqui para buscar os títulos. Não tem como pensar diferente”.

Sobre os titulares serem poupados no sábado, o zagueiro achou uma boa opção de Muricy: “Foi bom ter parado porque deu chance aos jogadores que não vinha atuando. Fiquei feliz pelo desempenho deles, mostrou que o elenco é forte. Nós pudemos recarregar as energias.”
Durante o treino de hoje, Muricy apostou em Ederson no lugar de Mancuello, que segue fazendo trabalho de recuperação. Sobre a mudança, o zagueiro fez questão de elogiar o companheiro de time: “Além da parte tática e técnica, é uma pessoa que dispensa comentários. Um dos caras mais legais que conheci no futebol. Acho que é quem mais trabalha aqui e estamos torcendo para que esse ciclo de lesões passe e que ele possa contribuir. Se Muricy optar por ele novamente, vai nos ajudar. Vai sentir um pouco, mas a equipe vai estar fechada com ele”.

“Mostrou que o sistema defensivo não fica à mercê de dois atletas. É o time inteiro. Muricy vem implantando isso na cabeça dos jogadores. Com isso os erros diminuem e a equipe fica menos exposta, como aconteceu muito no ano passado.” – Wallace sobre Muricy Ramalho.

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!

About The Author