Por @Igor_Pedrazzi
—-

Em entrevista a TV Uiraúna, o Magro de Aço revelou que pretende voltar ao futebol, num jogo beneficente contra o ex-Vasco Nasa, Angelim falou sobre seu futuro e outras questões. (Dos 25 segundos aos 3 minutos e 9 segundos).

Futuro no futebol.

“Olha, a gente primeiro está descansando, mas estamos pensando daqui uns 3,4 anos seguir a carreira de treinador ou dirigente de futebol, mas ainda quero ter esse tempo para me preparar, eu não quero já iniciar assim de cara, você tem que fazer uma reciclagem pois não é fácil iniciar assim como treinador, mas a gente pretende mexer com futebol ainda”

O jogador mais difícil de marcar.


“Olha, todo mundo acha que eu vou falar Neymar por causa daquele gol e daquele drible, mas eu encontrei alguns jogadores complicados. Quando o Corinthians tinha a dupla de ataque Nilmar e Tevez era complicado marcar, os dois eram muito rápidos e inteligentes, e Felipe que jogou no Vasco jogava de atacante aberto na ponta era difícil de ser marcado. Neymar está entre eles, mas eu já peguei ele muito novo, agora que ele está no auge tenho certeza que é muito difícil de marcar”

Flamengo e o gol do hexa em 2009.

“Primeiro eu fico feliz, acho que sou um abençoado, acho que tava no momento certo na hora certa e junto com o grupo lá a gente acabou fazendo um gol importante, mas eu cito que naquele campeonato tiveram jogadores mais importantes como Pet e Adriano, que carregaram literalmente o Flamengo nas costas, e a gente foi feliz no último jogo que tava complicado, o Grêmio ameaçando muito o Flamengo. A gente já tava com a frustração da libertadores, a eliminação pro América do México, e naquele jogo bateu a mesma sensação mas a gente não podia decepcionar a torcida do Flamengo mais una vez e naquele escanteio perfeito do Pet a gente acabou antecipando ali, e graças a Deus tiramos o Flamengo duma fila de 17 anos. Foi disparado o jogo mais marcante da minha vida, até pela importância, o tanto de tempo que o Flamengo não ganhava nada tão importante como o campeonato brasileiro, 17 anos, e não tenho dúvida nenhuma, a gente fez outros em semi final e finais, contra o vasco e contra o botafogo, mas igual aquele ali não teve não, com certeza o mais importante na minha carreira”

SRN!

Veja a entrevista: http://m.youtube.com/watch?v=1_593RQU0dc

Agradecimentos aos meus amigos @DidaZico e @Thiago_Fellix, pela colaboração e grande ajuda.