20150713142901


 

Vou partir do princípio que estava tudo certo pro Flamengo jogar este ano com os reservas no Carioca, e a Globo obrigou a colocar o time principal. E que tal contrato com estes poderes termina esse ano, como dizem.


Isso posto, não adianta chorar pelo leite derramado. 2016 já era, vai ser como tá no contrato.

Mas já estão discutindo o novo contrato, que começa a valer em 2017. Por algum motivo, a FFERJ é quem negocia. Não os próprios times. Sendo assim (se não for possível mudar isso) o problema é conseguir convencer a FFERJ a mudar alguma coisa.

Aliás, convencer não, chantagear. Já que não tem papo com Rubinho/Eurico.

Quem é a entidade mais poderosa do futebol brasileiro? Não, a CBF não, a Globo. Gostem ou não da emissora, é quem tem dinheiro pra fazer o que quiser no futebol brasileiro. Se ela quiser que um time formado por animais de circo dispute o campeonato Carioca, a FFERJ só vai perguntar se querem que eles joguem em casa.

Não dá pro Flamengo brigar com a Globo. Mas ele pode deixar a FFERJ em uma situação complicada. Vamos supor que o Bandeira ligue pra Globo e fale “Esse ano não tem jeito. Mas se o Carioca continuar assim, à partir de 2017 só os reservas vão pra campo”.

Ou a Globo bate o pé e faz alguma ameaça pior, ou a emissora vai pra cima da FFERJ. Como existem outras emissoras cada vez mais interessadas no futebol, acho que a Globo vai achar mais simples ir pra cima da FFERJ. Duvido que a emissora esteja feliz com a audiência atual do campeonato. Não pra acabar com o Carioca. Mas, no mínimo, enxugando o campeonato. Menos times, menos datas, mais atratividade. E mais datas livres para excursionar, fazer amistosos e pré temporada.

Me desculpem os antis, mas sem o Flamengo, o Campeonato Carioca não tem 50% da atratividade atual, fora do Rio.
image1d
Se a FFERJ não mudar o campeonato, o Flamengo vai com os reservas mesmo, e passa o resto do tempo com amistosos e excursões. Com isso, pode faturar o que perdeu fazendo a cota do Carioca diminuir. Sem ter que aturar a Federação.

Caso a Globo não queira comprar a briga com a FFERJ, vai tudo continuar como está.

Como diria o Tiririca, pior que está não fica.


Brigar com a Globo não é bom nem pro Flamengo nem pra emissora. Ambos ganham mais juntos. E, atualmente, a Federação Carioca tem sido uma pedra no sapato de ambos. Já que o Campeonato vem perdendo audiência com essa fórmula inchada e sem graça.

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!