MRN BLOGS FLAMENGUISTA IMPARCIAL

Por Thauan Rocha | Twitter @Thauan_R e @flaimparcial Facebook: Flamenguista Imparcial

O que aconteceu para o Flamengo recuar em sua postura? Porque prometeram se não poderiam cumprir?

 

Talvez não seja nem necessário expressar aqui o quanto eu acho errado disputar o Carioca 2016, mas não é pelo campeonato em si, é pela Ferj e pelo Eurico. Ambos ajudam a destruir o futebol do RJ. Ambos fazem do outrora torneio de futebol mais charmoso do Brasil o atual campeonato longo e deficitário, que atende pelo nome Euricão, reacionário e antipático conforme o homem que conseguiu personificar a imagem do nosso Estadual. O de pior desempenho do Brasil, se considerarmos o potencial e os resultados financeiros e esportivos.

Então vocês já devem imaginar como fiquei feliz ao ouvir do EBM que o Flamengo não jogaria com o time titular. Fui ingênuo. Talvez eu acreditei demais na força do Mengão.

Claro que não teria como ficar sem usar os titulares completamente. Prejudicaria o ritmo de jogo pro Brasileirão. O antídoto contra esse problema seria fecharmos amistosos, todavia Rubens Lopes não iria permitir que fizéssemos uma série de amistosos fora (somos filiados à FERJ, temos que ter o aval dela. Péssimo, mas é assim que funciona, não tem jeito!). Porém, esperava que os mesmos só fossem usados nos clássicos, na reta final e em alguns poucos jogos contra os maiores entre os nanicos. Realmente seria para aproveitar o pouco de lucro que esse campeonato poderia dar e para nos preparar para o objetivo maior.

Fato é que EBM prometeu por muito tempo, inclusive em sua campanha presidencial que não existia a possibilidade de entrar com o time titular por exigência externa. Sabia do risco da Globo recuar? Então o grande erro aí foi não deixar claro o risco de não poder cumprir o que prometeu.


O Fluminense arregou. Era esperado. O apoio dele foi necessário em alguns momentos, mas não faz tanta diferença para a Rede Globo. Lembro que em 2014 o Botafogo jogou com time reserva e não teve carta da TV Carioca. O problema é que o time que dá audiência afirmou de forma categórica que estava pulando fora e isso prejudicou os negócios da emissora. Parece claro que a Vênus Prateada está com dificuldade de fechar patrocínios e por isso pressionou o Flamengo para que soltasse uma nota que deixasse clara sua participação com o time titular. Maneira concreta de tranquilizar sua carteira de anunciantes. Isto me parece ter ficado evidente em um trecho da nota.

“Entretanto, nesta sexta-feira, 8 de janeiro, o C.R. Flamengo recebeu comunicado formal da Rede Globo determinando que a posição adotada pelo clube fosse revista, com fundamento no contrato de transmissão do Campeonato Estadual assinado pela FERJ e pelos clubes em 2010 e que se encerra neste ano de 2016.”

Indo além dos patrocínios a esse campeonato falido, a Globo também pode ter feito isso por causa da aproximação entre Esporte Interativo e Flamengo. Talvez, e é mais provável, seja algo entre os vários pontos dessa questão ou a união deles. A ameaça de um concorrente (EI), um fornecedor que não está facilitando nas negociações (Flamengo) e dificuldades financeiras no campeonato (produto desvalorizado) foram elementos que apontaram arma na nossa cabeça e não tivemos o que fazer. De certa forma, nosso gigantismo e protagonismo na cadeia voltou-se contra nós. Pode ser até um passo importante no relacionamento com a emissora já que teremos negociações para 2017 e isso pode mudar o campeonato, mas dói ver o recuo.

Talvez (e assim espero) 2017 seja o ano que Rubens Lopes terá que se render ao Mengão, fazendo as nossas vontades, pois, se o Fla não quiser assinar o contrato com a Globo, o campeonato não terá valor e o único jeito será mudar a fórmula de disputa e as regras absurdas.

Nesse jogo de xadrez político-econômico, talvez o Flamengo perdeu uma uma torre para desferir um xeque na próxima rodada. O término do jogo está longe de acabar, e passa por uma reestrutura total do futebol brasileiro.

 

Indicação do blog:

Texto “O Carioca 2016 já era. Vamos brigar pelo de 2017.“, do blog CRF & ETC.

 

SRN!

Comente pelo Twitter @MRN_CRF ou direto na fanpage do MRN no Facebook. Sua opinião faz toda diferença!


Thauan Rocha escreve no Flamenguista Imparcial, da Plataforma MRN Blogs. A opinião do autor não reflete necessariamente a opinião do Mundo Rubro Negro.