FlaTrip

CURTA TAMBÉM UMA TRIP RUBRO-NEGRA!

E aí, galera!

Ronda Rousey, Dwayne “The Rock” Johnson, Kelly Slater, Madonna, Snoopy Dogg… Até o Barack Obama (o verdadeiro, não o da foto que ilustra o texto, que também é um mito) já vestiu nosso Manto Sagrado. Mas a relação do Flamengo com os Estados Unidos vai muito além das personalidades. O FlaBasquete campeão do mundo (que cá pra nós, é o verdadeiro Dream Team) foi o primeiro time sul-americano a jogar a pré-temporada da NBA, inclusive exportamos o garoto Felício diretamente para o Chicago Bulls. Nos nossos 120 anos, enfrentamos o Orlando City no Maracanã. Teve até capitão de seleção campeã mundial fazendo jogo de despedida nos EUA jogando contra a gente. Convenhamos: não é surpresa pra ninguém que o mundo é Flamengo.

Ano que vem, finalmente o Flamengo vai participar de uma pré-temporada fora do país (desejo antigo de quem vos escreve) e jogará, em Janeiro, a Florida Cup, torneio que chega a sua terceira edição, sempre contando com a participação de brasileiros. Achei uma boa oportunidade de ressurgir esse humilde blog das cinzas e passar umas curiosidades legais sobre essa relação entre Flamengo e os EUA.

Lembrando que um certo esquadrão rubro-negro já zoou em território ianque, relembre aqui.

This is Flamengo! Foto: AFP/Antonio Scorza

This is Flamengo! Foto: AFP/Antonio Scorza

 

Você já foi pros States? O Mengão já!

Mais uma vez lançando mão do sensacional FlaEstatística, o Flamengo já jogou 12 vezes nos Estados Unidos, com retrospecto positivo: 7 vitórias, 2 empates e 3 derrotas. Marcamos 23 gols (nunca saímos em branco) e sofremos 12.

Um fato muito curioso envolve as duas primeiras partidas no país, ambas contra a Roma. De acordo com o FlaEstatística, devido a compromissos no Brasil, o Flamengo enviou um time misto nesta excursão aos Estados Unidos, que ainda passaria por México e Peru. Nos jogos dos EUA, o Flamengo utilizou o uniforme 2 da Roma: camisa e calça brancos. Esse time misto já contava com alguns jogadores que mais tarde se destacariam no time principal, como Fio Maravilha.

Talvez o jogo mais marcante por lá tenha sido a despedida dos gramados do a pouco tempo falecido Carlos Alberto Torres, em 1982: empate de 3×3 contra o New York Cosmos. Foi nessa partida o único gol de Zico pelo Flamengo nos States.

Além desses jogos, destaque também para o título da Marlboro Cup em 1990, torneio em que enfrentamos pela primeira e até hoje única vez a seleção dos EUA: vitória de 1×0, gol do zagueiro Fernando, o mesmo que fez o gol do nosso primeiro título de Copa do Brasil, no mesmo ano.

A seguir, a lista das partidas do Flamengo em território norte-americano:

[table id=37 /]

 

Ok, mas qual é dessa Florida Cup?

Para 2017, o torneio terá, digamos, dois torneios. Explico: alguns times jogarão um torneio em formato mata-mata, chamado FC Playoff 2017. Quartas, semifinais e final, sem mistério. São Paulo, Internacional, Vasco e Corinthians serão os brasileiros desse certame. Já outras equipes, incluindo o Flamengo, jogarão a confusa FC Challenge 2017. Nesse torneio, em pontos corridos, além do time campeão, a ideia é somar pontos para seu país. Brasil (Flamengo e Atlético-MG), Alemanha (Wolfsburg e Leverkusen) e EUA/Argentina (Tampa Bay Rowdies e Estudiantes) são as duplas que disputarão esse título. Cada time jogará contra dois adversários, sempre de outros países. Vitória vale 3 pontos e, em caso de empate, 1 ponto pra cada lado e uma disputa de pênaltis valendo um pontinho extra.

Tabela da FC Challenge 2017...

Tabela da FC Challenge 2017…

floridacup2017playoff

…e da FC Playoff 2017. (FloridaCup.com)

No dia 12/01, quinta-feira, 19h (horário local), estreamos contra o Wolfsburg, da Alemanha (atual 14º de 18 times na Bundesliga em 10 jogos). Três dias depois, num domingo, fechamos nossa participação contra os argentinos do Estudiantes (líder do nacional com 30 times, em 9 partidas disputadas), 16h45, horário de lá.

 

Onde vamos jogar?

Os dois jogos do Flamengo serão disputados na cidade de Orlando. Rapaz, seria um post quase infinito se eu simplesmente listasse aqui tudo que a cidade oferece pros seus visitantes, ainda mais pros brasileiros. Estima-se que 30 mil brazucas vivam na cidade, fora os 770 mil que todo ano fazem turismo por lá. Mencionar os parques seria chover no molhado, então compartilho com vocês as dicas do excelente site Viajar é Tudo de Bom da brasileira, amiga e rubro-negra Flavia Peixoto, com tudo sobre a cidade além dos parques. E tem MUITA coisa legal.

O gramado onde o Flamengo jogará contra o Wolfsburg. Foto: The Disney Express.

O gramado onde o Flamengo jogará contra o Wolfsburg. Foto: The Disney Express.

Apesar de Orlando abrigar alguns dos maiores estádios dos EUA, como o Citrus Bowl, o Flamengo não jogará em nenhum dos principais estádios da cidade, o que é comum nessas competições de pré-temporada. Nossa estreia contra os alemães será no ESPN Wide World of Sports Complex (holy shit!), um complexo esportivo enorme de propriedade da ESPN, localizado no Walt Disney World Resort. Parece um grande parque olímpico: tem campo de futebol, estádio de baseball, campo de golfe, quadras de tênis, basquete, vôlei, enfim, mais de 30 modalidades. Pra vocês terem uma ideia, os mundialmente famosos The Harlem Globetrotters treinam lá e o time de baseball do Atlanta Braves tem feito suas pré-temporadas no complexo.

Não podemos esquecer-nos do fato do complexo estar num complexo da Disney, então, claro, há opções de sobra para entretenimento. O destaque é o All Star Café, um gigantesco restaurante temático com tudo sobre esportes. Alguns caras mais ou menos famosos são donos do All Star, tipo Shaquille O’Neal (uma espécie de Olivinha de lá), Joe Montana, Tiger Woods… Enfim, prato cheio pra quem quiser curtir o complexo antes de torcer pro Flamengo.

Ah sim, o jogo: esse é o estádio de futebol do ESPN WWOS: o Champion Stadium. Ok, parece até um estádio daqueles treinamentos do FIFA 17, mas será lá. No big deal.

O Flamengo se despede do torneio (esperamos que com a taça, quem queremos enganar, queremos sempre que o Flamengo ganhe qualquer coisa né?) contra o Estudiantes jogando no Bright House Networks Stadium (damn!). Esse estádio é a casa do futebol americano na University of Central Florida. Aí sim um belo estádio: capacidade para pouco mais de 44 mil pessoas, inaugurado em 2007 para substituir o Citrus Bowl (que foi estádio da Copa do Mundo de 1994) como casa do futebol americano da universidade. O estádio tem o apelido de “The Bounce House”, ou “A Casa do Balanço”, pelo fato das arquibancadas tremerem quando os fãs de UCF pulam durante os jogos. Será a vez da Nação balançar o estádio?

Bright House Networks Stadium, que receberá rodada dupla com Corinthians x River Plate e Flamengo x Estudiantes. Foto: NFL.

Bright House Networks Stadium, que receberá rodada dupla com Corinthians x River Plate e Flamengo x Estudiantes. Foto: NFL.

 

Beleza, e como faço pra ir lá?

Bom, não vamos perder tempo e vamos admitir que você já tem seu visto americano (recomendo agilizar antes que o novo presidente deles assuma hehehe), já está em Orlando, e está devidamente hospedado, ok? Você precisa então dos ingressos. A Florida Cup possui site com versão em português, e vende ingressos para todos os jogos por lá pelo site Ticketmaster, muito simples. Não se assuste se for comprar ingresso pro segundo jogo e estranhar o nome do Corinthians no site: eles pegam o River Plate (ARG) na preliminar do nosso jogo. Confira as informações sobre ingressos aqui.

 

Seja membro do Nação Rubro-Negra por este link e ajude o Mundo Rubro-Negro!

Como já citei, a estreia do Flamengo será no Walt Disney Resort, que na verdade fica em Bay Lake, região próxima de Orlando. Se você for aproveitar a viagem pra curtir os parques da Disney, existem transportes do próprio parque que te levam pra lá. Se estiver de carro, há estacionamento no local. O endereço é 700 S Victory Way, Kissimmee.

Para o segundo jogo, o caminho é a Universidade de Central Florida, que fica a aproximadamente 21 km do centro de Orlando. Também há estacionamento no local e o endereço é 4465 Knights Victory Way, Orlando.

 

Parece maluquice ir sozinho pros jogos…
Evento da Fla-Orlando em 2011. Foto: Reprodução Facebook.

Evento da Fla-Orlando em 2011. Foto: Reprodução Facebook.

Passamos todo 2016 no modo itinerante, e nosso 2017 começará justamente em outro país. E desde quando jogar fora do Brasil é problema pro Flamengo? O clube conta com quatro Embaixadas da Nação nos EUA (confira a lista de todas elas aqui), sendo uma em Orlando, a Fla-Orlando!

Caso interesse se juntar a um monte de rubro-negros locais pra curtir os jogos, recomendo contatar o representante Marco Avelato por e-mail ([email protected]) ou pelos telefones (407) 232-1477 ou (407) 683-1655. Visite também a página da Embaixada no Facebook e tente combinar com alguém!

•••

Lembram de mais relações entre o Mengão e os Estados Unidos? Comenta aí!

Tudo pronto? Ôôôô… Go get’em Mengo!

Gustavo Duarte
Twitter: @gunevesduarte

Leia mais posts do Blog FlaTrip:
O Flamengo (e eu) no Espírito Santo
Você conhece seu clube?
A viagem do Mundial
Blog FlaTrip entrevista Daniel Rosenblatt, do Patrimônio do Flamengo.

Saudações Rubro-Negras!

Apoie o MRN contribuindo mensalmente com o nosso projeto: a partir de 1 real! Clique em bit.ly/ApoiadorMRN

Siga-nos no Twitter: twitter.com/MRN_CRF
Curta nossa página: facebook.com/M.RubroNegro
Instagram: Instagram.com/mrn_crf
Canal do YouTube: MRN TV
Whatsapp: 21 98917.4639

Seja Apoiador do Mundo Rubro Negro! Você participa do grupo de Whatsapp exclusivo e concorre a uma camisa oficial do Flamengo autografada por todo o elenco do time de futebol. Clique no banner!

apoia.se mrn

 

Seja Sócio Torcedor

Sócio-Torcedor

 

Procurando uma hospedagem com atendimento personalizado?

Euler