MimimiDoCazo

 

Esse dia foi loko!



 

Domingo de sol forte, temperatura alta e um calor de rachar. Ao invés de eu ir beber uma Stellinha, fui para a Gávea participar da partida de final de ano entre diretoria do Flamengo x Imprensa e Influenciadores Digitais. Representando a equipe do Mundo Rubro Negro, tive a honra poder entrar no campo do clube, pisar no gramado onde já pisaram Zico, Léo Medeiros e Márcio Araújo! Juntei-me aos coleguinhas de imprensa e fomos nos trocar no vestiário, climatizado, onde recebemos o uniforme 2 do Mais Querido. Coisa linda, me senti uma espécie de Anderson Pico com camisa justa realçando a pança.

 

 Os dois times

Os dois times

 

E de branco então adentramos em campo para enfrentar o time do presidente Bandeira, Wrobel, Tabet, Rafael Strauch, Biscotto, Rodrigo Caetano e cia. Ah, claro, e o trio de arbitragem. Foi a primeira vez que joguei com marcação de impedimento! Agora você imagine um gordinho, convidado pelo Flamengo, num sol de 50°, sensação térmica do deserto do Saara, com bandeirinha acompanhando o seu posicionamento para não dar condição aos atacantes, ainda tendo que marcar o presidente e a diretoria do seu clube? Literalmente não dava para chutar o pau do Bandeira.

Bom, o que falar do jogo? Serei honesto e transparente. A primeira etapa estava foi bem equilibrada, as equipes tocando a bola, se ambientando com aquele campo imenso, cuidando da linha de impedimento e tal… Metemos 1×0 e continuamos no ritmo. Não tenho idade e nem físico de atleta para jogar 45 minutos, quiçá 90. Por isso atuei lindamente ao longo de 30 minutos do primeiro tempo e saí de campo vencendo (tenho que me defender, né?).Depois fiquei na “de fora” papeando com o Tabet, o camisa 10 (Kibe artilheiro) e demais colegas, rindo, enquanto o time da diretoria começava o massacre. Meteram 6×1, fora o baile.

Eu no selfie após o jogo

Eu no selfie após o jogo

Um adendo (Off topic): Formei a zaga com o Eric Farias (TV Globo), que foi muito simpático e trocou várias ideias legais. Isso porque ele não se ligou que eu era o mesmo cara que havia reclamado de ele ser fanfarrão e o chamado de Eric “Farinha” do mesmo saco. Me bloqueou no tuíter, mas tocou a bola pra mim redondinha. Tiramos até fotinho… #Peace

 

CELEBRIDADES

CELEBRIDADES

 

Foi uma experiência incrível e uma vitória. Não uma vitória dentro de campo, mas fora dele. O Flamengo tem cada vez mais aberto espaço para a mídia independente, para pessoas que se dedicam em sites e blogs para defender e apoiar o clube. É um grande avanço de pensamento e uma forma de enxergar nas plataformas digitais, a extensão do trabalho do clube. Em nome da equipe do Mundo Rubro Negro, como representante nesse evento, agradeço ao clube pela oportunidade. Obrigado, Flamengo! Esse dia foi loko!


 

Crédito: Cristina Dissat/ Fim de Jogo

Crédito: Cristina Dissat/ Fim de Jogo

 

O resto é tudo mimimi

 


Bruno Cazonatti escreve no blog Mimimi do Cazô, da plataforma MRN Blogs. Twitter: @Cazonatti

 

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!