MRN BLOGS FLAMENGUISTA IMPARCIAL

Por Thauan Rocha | Twitter @Thauan_R e @flaimparcial Facebook: Flamenguista Imparcial

Na tarde dessa terça (22/12) eu vi uma declaração bem interessante do presidente gremista falando da negociação com o zagueiro Henrique, do Napoli. Vejam só:

– Com o jogador nós temos um pré-acerto, mas acho que vão oferecer mais do que podemos. O Flamengo poderia cuidar do time dele e não atravessar nossos negócios. O Grêmio não faz loucuras. Quem quiser vir disputar a Libertadores conosco, com um time competitivo, porque vamos montar um time competitivo, nessas condições, ótimo. Senão pode jogar o Campeonato Carioca pelo Flamengo.

Confesso que eu ri bastante disso, afinal, porque só o Flamengo não pode atravessar uma negociação?

Em 2013 o Grêmio pouco se importou com “ética” ou qualquer coisa do tipo, eles simplesmente chegaram com uma proposta melhor para o Welliton e concretizaram a negociação. Estávamos em um momento de grande dificuldade, a dívida ainda era absurdamente maior que nosso faturamento, não tínhamos como investir. Éramos até zoados pelos outros times. E o que o Mengão deveria fazer? Ficar chorando na imprensa porque o (i)Mortal ganhou? Isso é papo de time pequeno. Reconhece que não tinha proposta melhor e segue o jogo.

Pra mim, qualquer profissional pode receber proposta a qualquer momento, cabe ao próprio definir se vai tratar pessoalmente ou com intermédio de um empresário, para não atrapalhar seu desempenho em campo. O futebol é um negócio, queira você ou não. Não seria ético ficar fazendo propostas constantemente, tirando o foco do jogador, de forma que tumultue o outro time. Mas em período de contratações me vem um presidente chorar chapéu? Fala sério, Romildo, você acha que é fila de banco onde cada um pega uma senha e o outro só entra para negociar quando você já tiver terminado? Acorda, cara, o mundo real é diferente. Inclusive, você iria sorrir de orelha a orelha se um time levasse um chapéu quando estivesse tentando comprar um jogador que tu quer vender.


As coisas só são certas quando você é beneficiado, não é?

E um detalhe bem importante, se nós vamos jogar o Carioca (na verdade só vai um time sub-23, o principal vai jogar a Primeira Liga) e vocês a Libertadores, deveriam estar bem mais preocupados com a atratividade do seu time. Ainda não temos CT bom, nem temos um orçamento muito grande para contrações, mas já incomodamos bastante, imaginem em 2017/18 se estivermos na Libertadores e voltando a ganhar títulos. Agora que estamos caminhando de volta aos tempos de bonança, vocês querem chorar?

Enfim, é como já disse Alexandre Kalil, nós estamos com uma diretoria que está arrumando o Flamengo, e se arrumarem, acabou o futebol brasileiro, pois viria um Pato (se refere ao investimento de R$40,5 mi em um único jogador em 2013) por ano. Enquanto isso, os nossos adversários vão ficar chorando chapéu e cota de televisão.

Asxt-dEBKoI-lYGTaQQwP8gEgj3-o85OlpzWeizPgAdJ

Aí, Romildo Bolzan…

SRN!

Comente pelo Twitter @MRN_CRF ou direto na fanpage do MRN no Facebook. Sua opinião faz toda diferença!


Thauan Rocha escreve no Flamenguista Imparcial, da Plataforma MRN Blogs. A opinião do autor não reflete necessariamente a opinião do Mundo Rubro Negro.