Corta pra 2012.



Corinthians campeão mundial, contra o Chelsea. Logo depois, paga (pelo menos promete) R$ 40mi no Pato. Estádio? Sendo construído pra Copa do Mundo. O céu parecia ser o limite.

Só existia um probleminha. O Corinthians pagava um cartão de crédito com o outro. A dívida só rolava. Imposto? Não precisa pagar. Jogador caro? Traz que ele se paga vendendo camisa.

Desde que o Ronaldo chegou no Timão, o clube achou que o marketing seria a solução para todos os problemas financeiros.

Um grave problema do marketing é ser MUITO dependente da fase do time, e dos ídolos. O Pato chegou para substituir o R9, mas nem banco conseguiu esquentar. Títulos? Também pararam.

Depois de abandonarem o Pacaembu, as receitas de bilheteria passaram a ser exclusivas para pagar o novo estádio. E nem conseguiram cobrir o total necessário.

Aqueles impostos que não precisavam pagar, voltaram. E com juros.

E quanto maior a crise, mais escondiam contratando jogadores de nome. Cristian, Love e Elias chegaram custando mais de R$ 1 milhões/mês. Haja marketing pra pagar isso numa folha já inchada.

Lembram do Flamengo 2012? Patrícia Amorim?

Felizmente quem entrou no lugar dela escolheu outro caminho. Um caminho sustentável, onde você começa pagando contas, renegociando dívidas, subindo faturamento e, só depois, investindo em nomes de peso. Claro que dá mais trabalho e faz menos barulho. Mas é duradouro.

Pra evitar que alguém entre no Flamengo e bagunce tudo outra vez, ainda mudaram as regras do clube para obrigar futuros dirigentes a seguirem a mesma linha administrativa. Ou pagarem prejuízos causados ao Flamengo.

O que mais dói aos corintianos não é perder o Guerrero. Obviamente uma perda grave, mas piora quando o motivo é o time paulista assumir que não tem como pagar o que o peruano quer. Mas o Flamengo tem. Não só tem, como bate no peito e diz que poderia bancar DOIS Guerreros. Aí foi demais pra imprensa paulista

Acusaram o golpe.

Jornalista que escolheu o curso por não gostar de matemática virou mestre em matemática financeira. Li várias vezes que é impossível pagar uma fortuna pra um jogador e bradar a austeridade financeira.

Claro que não é!

Vamos supor que o Flamengo tenha orçamento para gastar R$ 7mi/mês em salários de jogadores  se a folha atual for de R$ 5mi, pode contratar jogador de R$ 1mi. Pode pagar até R$ 2mi pra ele se quiser.

Parece óbvio, mas não é. O Mauro Cézar descascou em cima da imprensa exatamente por isso. Nunca se importaram tanto com as contas do clube como fazem hoje. Logo agora que já está tudo organizado.

No meio dessa bagunça, ainda me aparecem vários antis chamando o Flamengo de falido, dizendo que o clube não paga ninguém. Foram dormir em 2012 e só acordaram agora.

O Flamengo AINDA não tem dinheiro sobrando pra arrancar qualquer um de qualquer time. Mas já pode bancar altos salários, pontuais, sem se preocupar com quantos dias o mês fecha.

Tenham paciência. A imprensa e os antis se preocuparam tanto em zoar o Flamengo, na época da economia, que não viram essa mudança acontecendo. Ainda vai demorar um bocado para eles se acostumarem com o Flamengo protagonista de mercado. Pagando bem e em dia.

Péssima época para quem não é Flamengo. Pior ainda pra quem é Corinthians.

Hoje podemos falar com gosto “a conta chegou!”. Passamos anos torcendo pra isso acontecer, mas com o medo de não dar em nada por ser Brasil.

E tem outras contas pra chegar! Nisso o Flamengo já largou com anos de um planejamento financeiro impecável. Agora é arrumar o futebol, aproveitando saldão nos rivais.

 

Que momento, senhores!

E senhoras!

 
Luiz Filipe Carneiro Machado é publicitário e titular do blog CRF & ETC.
Twitter: @luizfilipecm

 


Este texto faz parte da plataforma de opinião MRN Blogs, portanto o conteúdo acima é de responsabilidade expressa de seu autor, assim como o uso de fontes e imagens de terceiros. O Mundo Rubro Negro respeita todas as opiniões contrárias. Nossa ideia é sempre promover o fórum sadio de ideias. Email: [email protected].

Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN


Outra forma de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!