Ontem o jogo foi nervoso, não jogamos tão bem, mas vencemos. Infelizmente o Fluminense busca, mais uma vez, manchar o campeonato usando o que de melhor eles possuem: os advogados. Vamos então explicar as “polêmicas”.

 

Gol contra de mão

No primeiro gol, os jogadores do Fluminense reclamaram de mão do próprio companheiro, o William Matheus, quando viram que não daria certo, resolveram reclamar de falta do Réver no goleiro Júlio César, que teria sido impedido de ir até a bola por causa do nosso jogador. De fato ele foi atrapalhado, mas o que nenhum anti quis admitir foi que o Réver sofreu uma falta ao ser empurrado por Pierre, o número 5. Quando finalmente viram esse fato, resolveram reclamar de impedimento, mas ele só acabou participando da jogada por sofrer falta.

 

Nesse vídeo você pode ver os jogadores do Fluminense pedindo mão do William.

Agora nesse GIF dá para ver como o Réver de fato foi empurrado pelo Pierre, o que acabou atrapalhando o goleiro tricolor.

Se houve irregularidades no primeiro gol, foram os dois pênaltis e, consequentemente, o cartão não dado ao jogador tricolor.


 

O gol anulado

Aos 39 minutos o Fluminense jogou uma bola na área e Henrique marcou de cabeça, antes da bola entrar o bandeirinha já marcava o impedimento e, como é de costume, o árbitro sinalizou a irregularidade. Ao sair pra comemorar e ver a marcação, os adversários partiram pra cima do bandeirinha e do Ricci. Talvez por medo de agressão, parece que o bandeirinha voltou atrás e o árbitro validou o gol. Nesse momento os nossos jogadores partiram pra cima.

No meio de toda essa confusão pode ter ocorrido de alguém informar ao bandeirinha, o que é irregular. Não vamos ser ingênuos, consultas ocorrem sim, todos sabem disso, só não querem oficializar, mas antes de qualquer coisa já havia sido marcada a irregularidade e o auxiliar só voltou atrás com a pressão do time campeão da Série C de 1999. Clique aqui e veja esse vídeo, da transmissão do Sportv, mostrando que o gol foi anulado corretamente e depois validado.

Apesar da confusão instalada, os policiais cercaram o árbitro e o bandeirinha, então parece que eles tiveram mais tranquilidade para conversar e confirmar a irregularidade.

 

Nas duas imagens abaixo você pode ver que ambos anularam o gol em um primeiro momento.

 

O jogo pode ser anulado?

Ontem já começaram a falar dessa possibilidade, inclusive o Peter Siemsen falou que iria ao STJD, mas não vai dar em nada. Em 2012 o Palmeiras reclamou e a única coisa que aconteceu foi suspender o resultado do jogo até o julgamento do caso.

 

Hoje de manhã foi publica uma entrevista no GloboEsporte.com com o procurador do STJD falando sobre esse caso – clique aqui para ler a matéria. Felipe Bevilacqua afirmou que não deve dar em nada.

– Ainda é muito cedo para falar sobre o assunto, o jogo foi ontem à noite. Mas o que posso dizer é que o resultado do campo será mantido. É muito improvável que ocorra alguma mudança, mesmo que o árbitro seja indiciado – frisou em entrevista, por telefone, ao GloboEsporte.com.

Poderia ocorrer alguma punição se o Fluminense conseguisse alguma prova, que não tem, ou o próprio árbitro admitisse o auxílio, o que geraria punição para ele. Na súmula da partida o mesmo colocou que não houve nada de anormal no jogo – clique aqui para ver a súmula completa.

sumulaflaflu

Ou seja, o Fluminense está errado e é imoral tentar anular esse jogo. Bom, acho que o que eu ouvi foi um mimimi…

 

Seja Apoiador do Mundo Rubro Negro! Você participa do grupo de Whatsapp exclusivo e concorre a uma camisa oficial do Flamengo autografada por todo o elenco do time de futebol. Clique no banner!

apoia.se mrn

 

st-1

 

 

Euler