Amigos e irmãos flamenguistas, como estão vocês após esse jogo infartante? Acordaram bem?

Porque eu tô aqui no balão de oxigênio até agora, igual quem joga na altitude de La Paz. Mais um jogo para o rol de grandes jogos do Mengão contra o Cruzeiro.



E já começo com uma pergunta: pra quê todo esse sofrimento, Flamengo? Tá pensando em vender plano de saúde? Foi o jogo mais infartante do campeonato até aqui, cheio de dramas, arrancou lágrimas até mesmo dos jogadores. Que noite!

O time até começou bem, dominando o primeiro tempo. Criamos algumas oportunidades mas fomos para o intervalo com o 0x0 no placar. E talvez isso tenha pesado um pouco. O time voltou mal para o segundo tempo. Pareciam cansados, estavam displicentes. Os espaços na nossa defesa foram aparecendo e o time do Cruzeiro cresceu na partida.

E lá fomos nós, mais uma vez, ter um infarto com o Flamengo. Aos 28 do segundo tempo a defesa teve uma pane em um contra-ataque mortal do Cruzeiro. 0x1 no placar e apenas 17 minutos para buscar uma reação. E lá fui eu jogar a toalha, dizer que não tinha mais jeito, fui até olhar a tabela para ver se havia alguma luz no fim do túnel. Homem de pouca fé.

Ainda bem que as forças flamengas agem apesar de nós, e agem por nós. São Judas Tadeu entrou em campo naquele momento, a camisa entortou o varal, o Manto criou vida e os jogadores foram capacitados para transmitir a mensagem.

Alex Muralha fechou de vez o gol, com a ajuda de São Judas, que atrapalhou o Ábila já quase em baixo da trave. Alan Patrick passou a dominar o meio campo e deu dois passes para os dois gols rubro-negros. Paolo Guerrero, que fez um bom primeiro tempo, acertou um chute de fora da área e deu inicio à reviravolta flamenga. E Mancuello, o argentino mais carioca da atualidade, se encarregou de fazer um golaço e transformar a noite em pura magia.

A emoção foi tanta que Mancu chorou após o gol, toda aquela energia invisível, mas bem tangível, rompeu de seus olhos. Épico. Aposto que ele jamais esquecerá esse momento, de ser um só com 40 milhões. E a comemoração desse gol foi a coisa mais linda da partida, até o sempre contido Zé Ricardo correu para o abraço, junto de titulares, reservas e comissão técnica.

A missão foi dada e vai ser cumprida, esse time vai lutar até o final por cada ponto, por cada partida. Vão ter que fazer muito para impedir o Flamengo de ser campeão esse ano. Entendam uma coisa, quando a mística rubro-negra entra em campo, nem mesmo nós temos noção do quão forte ela é.

Prepara esse lombo Peppa Pig, quero ver vocês aguentarem a pressão.


Nos vemos na próxima, SRN.

 

GeorgeCRF

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!