Nesta terça-feira, dia 02/08, chegou uma notícia sobre a renovação dos direitos de TV do FERJÃO no período 2017-2024.

A excelente Gabriela Moreira (@gabi_moreira) lançou uma matéria no site da ESPN dizendo que o rubro-negro carioca sofre pressão de seus rivais para assinar o acordo.



A matéria já começa com uma informação que todos esperavam: os ratos das Laranjeiras roeram a corda e assinaram com a FERJ, rompendo assim o “acordo” feito entre os presidentes EBM e Peter. Coloquei a palavra acordo entre aspas pois não havia nada oficial, apenas declarações dos dirigentes onde ambos diziam estarem do mesmo lado.

Esse fato é mais um erro que foi corrigido pelas forças flamengas, que estão trabalhando em período dobrado esse ano! Se aliar a um clube imundo desses era um prejuízo enorme ao nome do Flamengo.

Seguindo a matéria, lemos que os 3 patetas cariocas já assinaram com a FERJ e agora pressionam o Flamengo, que travou a negociação. E com a negociação travada ninguém recebe grana (adiantada), e é aí que mora o problema para eles.

Os 3 patetas precisam dessa grana logo, enquanto o Flamengo nada em bons resultados financeiros. Com o cenário favorável financeiramente, o clube da Gávea possui em suas mãos um poder nunca antes atingido, o poder de negociar o melhor para o clube e não se curvar em troca de migalhas.

Mas o problema do Flamengo não está nos valores pagos ao clube, está em outras questões, como por exemplo, o valor recebido pela FERJ.

A federação, além de receber o valor de R$ 12mi da Globo, ainda tem o direito exclusivo de comercialização de propaganda nos estádios. E essa é uma grana que os clubes nem ao menos sabem como é investido pela federação, já que os balanços financeiros da entidade não são transparentes.

E assim a federação que não possui time e nada produz, abocanha um valor bem maior do que o que os clubes recebem.

Outra reclamação do Flamengo é na forma como o dinheiro é distribuído: A emissora de TV paga a FERJ, que por sua vez paga os clubes. E com esse dinheiro na mão a federação faz o que quer, pois possui uma forma de chantagear e ameaçar os clubes. Em anos recentes a federação chegou a tirar dinheiro da cota do Flamengo para aumentar o prêmio para o campeão e o vice do torneio.

Sabendo que o clube é lesado nos moldes atuais do contrato, o presidente EBM se mantém firme na decisão de não fechar o novo contrato antes do mesmo estar de acordo com as exigências feitas. Sendo assim, o FERJÃO está perto de ficar sem o Flamengo na TV pelos próximos oito anos.

Apesar do valor pago pela transmissão ter aumentado e dos contratos feitos com patrocinadores, o clube pode se dar ao luxo de não ter seus jogos no falido torneio estadual transmitidos. O prejuízo é facilmente recuperado com participação em outras competições e torneios de pré-temporada, utilizando o time B para jogar o FERJÃO.

Prejuízo maior é ter a FERJ utilizando o Flamengo para encher seus cofres.

A realidade é dura e te acerta na cara: o Flamengo é o trem pagador do futebol carioca e finalmente está fazendo valer o seu peso. Anos e mais anos de subserviência de diretorias amadoras deram a falsa impressão de que esse status seria eterno. Tolos são aqueles que acreditam poder domar um gigante.

E eu não sei o fim dessa história, apenas acredito no que será o melhor para o Flamengo: Romper com as estruturas podres do futebol jamais será fácil, mas quem tem 40 milhões de apaixonados consegue ir além.

Que São Judas Tadeu continue dando coragem ao EBM para que ele não volte atrás em uma vírgula de seu discurso, pois estamos vendo a história ser escrita.


SRN.

 

Crédito da imagem destacada: Reprodução.
Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!