E o ano de 2017 começou agora, no sorteio da chave de grupos e partidas eliminatórias da chamada pré-Libertadores. Flamengo, mal ranqueado na Commebol devido ao pífio desempenho em competições sul-americanas, muito aquém do tamanho e potencial do clube, acabou no chamado “pote 3”, para ser sorteado e caber em algum grupo com outro cabeça-de-chave. O que não deixa de ser vexatório para nós rubro-negros.


E o sorteio, ou “azareio” no caso, fez o Flamengo cair no grupo de San Lorenzo e Universidad Católica. Times com mais pontos no ranking, San Lorenzo, cabeça de chave, com 3066 e Universidad Catolica com 1825 pontos. Flamengo com módicos 1501 fazia parte do grupo “terceira força” a ser sorteado.

Merecemos? Merecemos. Não esqueço da mais recente, em 2014. O então técnico Jayme, preferiu escalar Brocador, que na época “fazia chover” dentro da área para disputar uma partida contra Cabofriense no Carioquinha. Partida decisiva, ok. Mas o Flamengo tinha goleado a primeira. Enfim, o time do Cabofriense distribuiu porrada neste jogo e, claro, tirou o artilheiro não só desta partida como de qualquer possibilidade de disputar a Libertadores. Jayme foi campeão do carioquinha e o Flamengo eliminado precocemente da Libertadores recebendo humilhações táticas no Maracanã de clubes menores.

Lembro do Joel Santana, homenageado antes de uma partida fatídica contra o America do México, por ter ganho mais uma vez este campeonato dos infernos, o carioquinha. Resultado? Time em festa em campo. Menos o América do México que nos venceu em casa por 3 a 0.

Flamengo não leva Libertadores a sério. Por algum motivo seus dirigentes, atuais e do passado, literalmente esnobam qualquer tipo de torneio internacional. Nem precisamos ir longe no tempo. Este ano mesmo, na Sul-Americana contra o Palestino. Escalamos time misto em partida eliminatória e fomos derrotados, mais uma vez, de forma taticamente humilhante.

Agora o Flamengo parece que irá levar este maldito carioquinha com time misto. A boía de salvação de título de técnicos medíocres. Um torneio mais fácil visto o nível ralé dos chamados times pequenos do estado do Rio e o fato de ter realmente três outros times disputando, numa espécie de “melhor de 4”. É mais fácil. Sai na foto como campeão. Mas nem isto consegue mais. Tá difícil.

Flamengo não é favorito para se classificar neste grupo. O que não deixa de ser bom. Não terá a menor possibilidade de começar com oba-oba. É faca nos dentes senão dança. San Lorenzo e Universidad Católica levam a competição mais a sério. Encaram com determinação e vontade. Flamengo não, nunca. Blasé perdedor. E também é possível que o Atlético-PR derrote o Milionários da Colômbia e seja o outro integrante deste grupo. Ele jogando em casa com seu campo sintético e torcida quase dentro do gramado faz diferença. Arbitragem caga de medo. Muitos pontos ganhará assim o time de Curitiba.

Enfim, é um grupo difícil, Flamengo não sabe disputar Libertadores ou qualquer torneio que tenha algum clube que não fale português. Não se agiganta para isto, não impõem determinação. Nada. É um coadjuvante com torcida. E agora com sua comissão técnica sem experiência e taticamente inexpressiva, que ainda conta com o “auxílio técnico” do Jayme de Almeida, faz esta classificação ficar mais longe ainda. Diria muito improvável. A não ser que até abril, quando começam as partidas de grupo, mudem alguma coisa ou estas minhas convicções. Espero que sim. Torço fortemente por isto, mas dentro de casa o Flamengo terá que se transformar.

Espero que desta vez os dirigentes amadores e profissionais que lá estão finalmente forcem a barra para o Flamengo não ser mais um competidor simpático, e sim o time a ser temido. Chega de simpatia. Quero dor e sofrimento nos adversários.

Flávio H. Souza
Twitter: @PedradaRN

 
Deixe seu comentário!


Este texto faz parte da plataforma de opinião MRN Blogs, portanto o conteúdo acima é de responsabilidade expressa de seu autor, assim como o uso de fontes e imagens de terceiros. O Mundo Rubro Negro respeita todas as opiniões contrárias. Nossa ideia é sempre promover o fórum sadio de ideias. Email: [email protected].

Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN


Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!