O lateral-esquerdo Miguel Ángel Trauco, da seleção peruana, disse em entrevista ao jornal “Líbero” que se despede hoje do Universitario de Lima e assina amanhã contrato de três anos com o Flamengo. Trauco decidiu não renovar seu contrato com o Universitario e se tornou dono do próprio passe, podendo negociar direto com o Flamengo. Em entrevista a uma rádio peruana na quinta-feira, o vice-presidente de futebol Flávio Godinho admitiu que o Flamengo tinha interesse no jogador.

– Sem dúvida estou feliz, esperando que se concretize tudo. Será uma honra poder jogar num grande não só do Brasil, mas um gigante da América do Sul. Vou com muitas esperanças e vontade de arrebentar. Triunfar num clube como este é meu maior objetivo – disse o lateral.

Se comprovada a negociação, será o quinto jogador estrangeiro do elenco do Flamengo, ao lado do também peruano Paolo Guerrero, dos argentinos Federico Mancuello e Donatti e do colombiano Gustavo Cuéllar.

Trauco, de 24 anos, se profissionalizou em 2009, pelo Virgen de Chapi, jogando como camisa 10. Passou pelu Coronel Bolognesi e pelo Union Comercio, com o qual conquistou a Copa Peru e subiu para a Primeira Divisão em 2011. Em 2013, se transferiu ao Universitario, um dos principais clubes peruanos, e chegou à seleção em 2014. Neste ano, ganhou a condição de titular, disputando 4 partidas na Copa América e 5 nas Eliminatórias – não enfrentou o Brasil por estar suspenso com o segundo cartão amarelo. Tem 160 jogos e apenas dois gols na carreira.

Ele é conhecido no seu país natal como “El Genio”. Quando pequeno, sonhava em ser goleiro, mas desistiu de tentar a posição e começou a jogar como meia nas categorias de base do próprio Universitario. Em 2012, passou a jogar de lateral por uma necessidade do Union Comercio e não deixou mais a posição. Na temporada, deu dez assistências no clube e mais uma na seleção. A última foi no jogo deste sábado contra o Municipal, neste belo lance:


Em outubro deste ano, passou a ser escalado pelo técnico Roberto Chale, do Universitario, como volante. Agradou e passou a atuar na posição constantemente no clube, embora siga como lateral na seleção. “Poderíamos dizer que cumpriu o esperado, mas seríamos egoístas. Agradou e surpreendeu. Apoiou Balbín na contenção, mas nunca descuidou do ataque, Bom olho de Roberto Chale ou talento de Miguel Trauco? Pode ser que ambas as coisas. Porque o técnico teve o atrevimento de trocar de posto sua peça mais regular, mas ‘El Genio’ é um jogador que sempre joga bem, não importa onde seja escalado”, derrete-se um elogioso perfil do “Líbero”.

Na entrevista ao “Líbero”, o lateral-volante falou que o fato de jogar ao lado de Paolo Guerrero vai facilitar sua adaptação.

– Ter alguém como Paolo ajudará muito. Vai me servir em tudo. Sempre foi meu sonho ir jogar no exterior e quero triunfar – afirmou.

A princípio Trauco chega para ocupar a vaga de Chiquinho, reserva de Jorge que não terá seu contrato renovado. Não está descartado, porém, que o Flamengo venda o lateral titular se receber uma boa proposta da Europa. Em novembro, quando surgiu a notícia do interesse de Flamengo em Trauco, o técnico Zé Ricardo elogiou o jogador.

– Miguel Trauco tem demonstrado uma boa leitura do jogo ofensivo e defensivo. É um atleta com boa pegada. Tem muito futuro, pois é um jovem de valor que seguirá crescendo.

O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.