A Conmebol escalou o árbitro Enrique Cáceres (PAR) e os auxiliares Eduardo Cardozo (PAR) e Juan Zorilla (PAR).

Em 2016, o juiz paraguaio foi o representante da arbitragem sul-americana no Mundial Interclubes, na semifinal, onde o Real Madrid venceu o América-MEX por 2 a 0, naquela ocasião o árbitro voltou atrás na decisão de não marcar o gol da equipe espanhola, que já vencia por 1 a 0, utilizando o recurso do vídeo para corrigir a marcação. Enrique Caceres nunca apitou jogos do Mais Querido.

Cáceres não teve vida fácil nesta Libertadores, ele apitou uma verdadeira batalha no estádio Campeón del Siglo, em Montevideu,quando jogadores uruguaios partiram para cima dos palmeirenses e Felipe Melo acertou um soco no meia Mier. Na súmula, Cáceres aponta Melo como o grande culpado da briga, por supostamente ter provocado o time uruguaio ao final da partida — o volante comemorou a vitória apontando para o céu.

 
O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.