No último final de semana, aconteceu a maior festa do basquete brasileiro, o Jogo das Estrelas do NBB. Pelo sexto ano seguido, os principais nomes do esporte no Brasil se encontraram e fizeram os torcedores de Mogi das Cruzes vibrarem com jogadas bonitas, enterradas e muita alegria. O Mundo Rubro Negro foi até Mogi para cobrir todo espetáculo e falou com Marquinhos após o primeiro dia.

Primeiramente, o ala falou sobre a emoção de participar desse tipo de evento: “Muito legal, o basquete brasileiro atravessa um momento muito bom, então fico feliz de ser um dos jogadores mais votados pra estar junto com essa galera aí, brincando, tentando fazer jogada de efeito, entretendo o público, torcida gritando. É muito bom participar desse evento.”

Marquinhos no Jogo das Estrelas (Foto: Fotojump/LNB)

Marquinhos no Jogo das Estrelas (Foto: Fotojump/LNB)

O atleta rubro-negro fez parte do primeiro dia de atividades, que tinha como ponto alto a partida ente o NBB Mundo e o NBB Brasil (atletas estrangeiros vs atletas brasileiros). O jogo terminou 138 a 135 para os gringos, que não conseguiam levar a melhor há quatro anos. Na equipe vencedora, Ronald Ramon e Meyinsse (que, machucado, ficou na comissão técnica) representavam o Flamengo. Já do outro lado, Marquinhos e JP Batista eram os rubro-negros e foram bem na partida.

Vim aqui com o intuito de me divertir, tirar todo foco do NBB agora. Era pra brincar, participar, fazer o meu melhor, colocar o público no jogo, tentar fazê-los felizes e isso aconteceu. Fico triste porque a gente perdeu o jogo, mas foi um grande evento. Agora vamos voltar com foco total pro NBB“, comentou Marquinhos.

O jogador, que foi muito festejado pelos torcedores presentes no Ginásio Municipal Professor Hugo Ramos, elogiou a festa e falou sobre a sensação de ter tanto carinho mesmo fora do Rio de Janeiro: “Eu tive a oportunidade de jogar aqui uma vez, sei como a cidade ama o basquete, ama receber eventos desse tipo. Espero que possa acontecer mais vezes. Eu adoro jogar aqui, é um ginásio muito aconchegante e mais uma vez tive uma boa partida.”


jde

Rafa Luz no Desafio de Habilidades (Foto: Fotojump/LNB)

No segundo dia de evento, aconteceu o Torneio de 3 Pontos (Marcelinho Machado acertou 13 cestas, mas não conseguiu passar para a segunda fase), Torneio de Enterradas, Arremesso das Estrelas (que foi vencido pelo time de JP Batista) e o Desafio de Habilidades, cujo campeão foi o armador Rafa Luz. “Acho que o segredo para ganhar é estar tranquilo. Na hora que chega na bola de três o coração fica na boca, não é fácil. Acho que decide ali, tive sorte de acertar de primeira.”