Base

 

Na tarde de hoje (22), o Flamengo enfrentou o São Paulo, na Arena do Jacaré, em MG. O duelo era válido pela semifinal da Taça BH Sub-17 2016, valendo assim, vaga para a decisão que será realizada no domingo. O jogo acabou empatado em 2-2 mas com o Flamengo sendo derrotado nos pênaltis por 4-3.

Na primeira fase Flamengo e São Paulo, dois dos grandes favoritos também haviam se enfrentado. O jogo também acabou 2-2. O Flamengo veio empolgado com duas vitórias diante de bons times: um 3-0 no Corinthians e um sonoro 5-1 no Atlético-MG. Já o tricolor paulista eliminou dois clubes paranaenses: o Atlético e o Paraná Clube (3-2 e 3-1, respectivamente).

O início de jogo foi intenso. Chances para os dois lados, erros das defesas e quem abriu o marcador foi o São Paulo. Gabriel Novaes recebeu passe de cabeça, foi mais rápido que Matheus Thuler e Hugo, driblando-os e mandando para o fundo do gol. Aos 30, Vinicius Jr deu um chapéu no adversário, tocou para Luiz Henrique, que viu o lateral direito Wesley avançando livremente, passou, aí o camisa 2 do Mengão fez cruzamento perfeito para Lincoln empatar de cabeça, 1-1. Já na etapa final, várias mudanças nas equipes que acabaram sendo importantes para o decorrer do duelo. O atacante Brenner do São Paulo, entrou aos 17 do 2º tempo e dois minutos depois pôs o tricolor de volta à frente do placar. Mas aos 29, o zagueiro Patrick que havia entrado no lugar de Matheus Thuler empatou novamente a partida, após cobrança de falta certeira de Yuri César, camisa 19. Fim de jogo, 2-2 e decisão nos pênaltis.

Os goleiros defenderam nas primeiras cobranças, a partir da 2ª cobrança de cada equipe, o aproveitamento foi de 100% até que chegou a hora da última cobrança do Flamengo. Vinicius Jr foi para a bola, cobrou e o goleiro defendeu. Logo o camisa 11 tão importante nessa ótima campanha na Taça BH errou a penalidade decisiva. Enfim, o futebol tem dessas… Flamengo 2 (3-4) 2 São Paulo. O trio de ataque onde os 3 principais jogadores são artilheiros isolados da competição com 6 gols em 6 jogos cada, é empolgante. Lincoln, Bill e Vinicius Jr foram responsáveis por 75% dos gols do Fla na competição (sem contar as assistências). O sonho do tri foi adiado, mas dá pra perceber facilmente que o Flamengo está muito bem representado na categoria.

 

MRN

 

Ficha técnica:


Hugo Moura; Wesley, Matheus Thuler (Patrick), Ruan e Andrade; Gabriel (Henrique Lordelo), Vinicius Souza (Rafael Carvalheira) e Luiz Henrique (Yuri César); Bill (Markinhos), Vinicius Jr e Lincoln (Marques).

Gols: Lincoln e Patrick

Assistências: Wesley e Yuri César

Cartão Amarelo: Vinicius Souza