Equilíbrio! Essa foi a palavra do jogão entre Flamengo e Franca, neste sábado (21), no Tijuca Tênis Clube. Com um bom aproveitamento ofensivo no primeiro tempo e na prorrogação, o time paulista levou a melhor por 83 a 80, e voltou a comemorar um triunfo sobre o Rubro-Negro após quatro temporadas.

O jogo marcou a estreia do pivô norte-americano Hakeem Rollins, que teve uma boa atuação com 10 pontos, 8 rebotes e 1 toco. Mesmo com a derrota, o Orgulho da Nação segue líder do Novo Basquete Brasil 9, e volta a jogar na próxima terça (24), às 19h30, diante do Bauru, no Tijuca Tênis Clube.

O jogo

Em um jogo de muitas alternâncias, foi o Flamengo quem saiu na frente com arremesso de dois pontos de Olivinha. Na sequência o ala-pivô ainda sofreu a falta e converteu o lance livre. O Franca, porém, não se intimidou com o bom início dos donos da casa. Com uma boa marcação encaixada e as mãos calibradas de seus jogadores, o time paulista passou a frente do Mais Querido com cestas de três pontos.

Hakeem Rollins entrou na partida ainda no primeiro quarto. Nos seus primeiros toques na bola marcou quatro pontos e reduziu a vantagem dos adversários. Mas apesar do bom momento dos anfitriões, a equipe francana garantiu a vitória no primeiro período: 19 a 14.

Aproveitando os rebotes defensivos, o Franca chegou a abrir dez pontos de vantagem. O Flamengo apresentava dificuldades nas finalizações, mas correu atrás do prejuízo e encurtou a diferença para os francanos, fechando o primeiro tempo em 36 a 32.

O Flamengo voltou com uma postura diferente no segundo tempo. Se de perto estava complicado, o time comandado por José Neto passou a arriscar as cestas de três pontos e obteve resultado. Com bastante apoio da torcida no ginásio do TTC, Olivinha comandou a virada. Diante do ímpeto rubro-negro, o Franca não conseguiu progredir e viu pela primeira vez o oponente fechar um período na frente do marcador: 57 a 47.

No último quarto o confronto seguiu equilibrado com uma pequena vantagem para o time do técnico Helinho, que reduziu a diferença e, no nos últimos segundos do período, com uma cesta de três pontos de Coelho empatou o jogo, levando à prorrogação (70 a 70). O Franca começou bem o tempo extra e esteve à frente do placar durante todo o período. Valente, o Flamengo não se entregou. Faltando cinco segundos para o fim, Olivinha colocou igualdade no marcador (80 a 80). Mas no lance seguinte, Pedro, acertando um chute de três pontos, deu números finais à partida.

Destaques do Flamengo: Marquinhos – 21 pontos; Olivinha – 19 pontos e 12 rebotes e JP Batista – 13 pontos.

 

Foto: Staff / Images
O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.