Após vencer o lanterna da competição, o Flamengo voltou a campo na tarde deste domingo (31) tentando encostar novamente no grupo dos 4 primeiros colocados. O desafio do fim de semana foi fora de casa, diante do Coritiba e o Flamengo repetiu o feito nas últimas três partidas e venceu o Coxa em casa.



Com gols de Guerrero e Marcelo Cirino, o Flamengo garantiu o placar de 2×0 e se tornou o melhor visitante na competição até aqui, com 4 vitórias nos 8 jogos disputados fora de casa. Com a vitória no Couto Pereira, o Flamengo foi a 30 pontos e subiu para a 5ª posição na tabela. Após 17 rodadas, o Flamengo tem o mesmo número de pontos do Grêmio que fica à frente na tabela com melhor saldo de gols: 7 contra 2 da equipe rubro-negra.

Pela próxima rodada do Brasileirão, o Flamengo jogará novamente como visitante. Para enfrentar o Santos, o Flamego viajará para Cuiabá, onde as equipes disputarão a partida válida pela 18ª rodada da competição nacional na Arena Pantanal. O jogo será na próxima quarta (4) às 21h45.

 

Primeiro tempo sem grandes chances para os dois lados

A primeira etapa da partida no Couto Pereira não foi das mais animadoras. As duas equipes não conseguiram criar oportunidades de perigo nos 45 minutos iniciais e o primeiro tempo acabou sendo um pouco sonolento em Curitiba, com a melhor chance da etapa inicial ficando com o time da casa.

Aos 4 minutos de jogo o Coritiba conseguiu chegar com perigo ao ataque. A jogada de Kleber, que cruzou rasteiro em direção à área rubro-negra, por pouco não resultou em gol do Coxa. Por pouco o lateral Carlinhos não chegou na bola para abrir o placar para a equipe da casa.

O Flamengo conseguiu ficar com a posse de bola por mais tempo da etapa inicial, mas teve dificuldade para criar chances de grande perigo. Guerrero arriscou e quase abriu o placar aos 30 minutos do primeiro tempo, mas o goleiro Wilson estava bem posicionado no lance e impediu que o atacante peruano balançasse as redes do Coxa.

No final da primeira etapa o Flamengo ainda tentou chegar com Arão e Alan Patrick, mas acabou não conseguindo ter sucesso no ataque. Com dificuldade na finalização, o primeiro tempo no Couto Pereira acabou em empate sem gols.

 

Flamengo melhora e garante vitória

Embora não tenha alterado a equipe no intervalo da partida, logo no início do segundo tempo teve uma alteração que foi estreia: Juan machucado saiu e deu lugar a Donatti, que fez sua primeira partida com a camisa rubro-negra. O Flamengo voltou buscando jogadas e tentando com mais eficácia chegar ao ataque, a equipe rubro-negra conseguiu chegar mais e levar mais perigo à área do Coritiba.

Apesar disso, a primeira grande oportunidade na segunda etapa foi do Coxa. De novo em cruzamento de Kleber, a bola chegou para o volante João Paulo que chutou em direção ao gol, para defesa de Alex Muralha que evitou o gol da equipe da casa.

gol guerrero

De acordo com uma das máximas do futebol, quem não faz, leva, certo? Foi exatamente isso que aconteceu no Estádio Couto Pereira. Em uma bobeira de João Paulo, Mancuello ficou com a bola e fez um lançamento longo para Guerrero. O atacante peruano invadiu a grande área e chutou no canto sem chance de defesa para o goleiro Wilson, deixando o Flamengo à frente do placar.

A exemplo do primeiro tempo, o Flamengo teve maior posse de bola na segunda etapa. O Coritiba tentou chegar novamente com o João Paulo, que chutou de longe e viu a bola sair pela linha de fundo. Raphael Veiga também tentou empatar a partida em cobrança de falta, mas a bola saiu sem perigo e Alex Muralha só acompanhou.

gol cirino

 

Quase no final da partida, o rubro-negro conseguiu consagrar a vitória que já estava encaminhada desde o início da segunda etapa. Aos 43 minutos, Cuéllar deu lindo passe para Marcelo Cirino, que chutou por baixo do goleiro e garantiu o segundo gol da partida, fechando o jogo em 2×0 para o Flamengo.

 

 

Ficha Técnica

Coritiba 0 x 2 Flamengo 

Gols: Paolo Guerrero (4′ 2º T) e Marcelo Cirino (43′ 2º T)

Coritiba: Wilson; Ceará (Bernardo), Luccas Claro, Juninho e Carlinhos; Edinho, João Paulo, Alan Santos (Iago) e Raphael Veiga (Felipe Amorim); Kleber e Kazim. Técnico: Pachequinho

Flamengo: Alex Muralha; Pará, Rafael Vaz, Juan (Donatti) e Chiquinho; Márcio Araújo, Alan Patrick (Cuéllar), Mancuello (Marcelo Cirino); Everton e Paolo Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

Público: 16.177 pagantes/ 17.606 presentes

Renda: 616.520,00


 

Créditos da imagem destacada: Giuliano Gomes/PR Press

Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!