O Flamengo enfim conseguiu a sua primeira vitória na Copa Internacional Ipiranga Sub-20. Depois da derrota para o Criciúma e do empate com o Cruzeiro, o Rubro-Negro derrotou o Toluca (MEX) por 5 a 3 e se manteve vivo na disputa por uma vaga na próxima fase da competição. O Mais Querido depende apenas de si próprio para avançar às quartas de final.

Os três jogos do Flamengo na Copa RS tiveram roteiros semelhantes. A equipe do técnico Gilmar Popoca (com exceção do segundo tempo contra o Toluca), não conseguiu segurar as vantagens quando esteve a frente do placar. Diante do Criciúma abriu o marcador e sofreu a virada. Contra o Cruzeiro saiu perdendo, virou, e nos minutos finais cedeu o empate. Na partida contra o Toluca o Flamengo também saiu na frente, permitiu a virada na primeira etapa, mas teve tempo para se recuperar.

O técnico Gilmar Popoca falou sobre a inconstância da equipe e ressaltou o espírito lutador de seus comandados nos momentos de maior dificuldade .“Nossa equipe oscilou muito no jogo de hoje. Apesar disso, não nos abatemos quando tomamos a virada e nem o terceiro gol, o que é bastante positivo. Mas o jogo de hoje provou o que venho falando para nossos jogadores desde o início da competição: eu preciso de todos”, declarou o treinador.

Assim como a maioria dos times, o Flamengo está usando a Copa RS como preparação para a Copinha 2017 e por isso, o técnico Gilmar Popoca está utilizando todos os jogadores que estão a sua disposição. O treinador comentou sobre a importância do grupo na primeira vitória rubro-negra no torneio.

 

“Futebol não se ganha só com 11 jogadores. Futebol se ganha com o grupo. E não há dúvidas de que essa foi uma vitória do grupo. Todos os que vinham sendo titulares e hoje começaram no banco (Jean Lucas, Patrick e Lucas Silva) entraram no jogo com uma postura diferente e contribuíram muito para o resultado final, assim como o João Pedro, o Juninho e o Théo, que começaram como titulares. Hoje tivemos, de fato, uma vitória com a grandeza do Flamengo”,  finalizou Gilmar Popoca.

 

O zagueiro Dener  reforçou a observação feita pelo técnico, e exaltou a raça dos jogadores. “Não tenho dúvidas de que após conquistarmos essa vitória, da forma como foi, nosso grupo estará ainda mais unido. Mostramos que somos fortes. O pessoal que veio do banco entrou e deu conta do recado. Sabemos que temos muito o que melhorar, mas como o Popoca disse, se na técnica não está dando, temos que ir na raça e na vontade, pois essa é a marca do Flamengo. E foi exatamente isso que fizemos no jogo de hoje”, disse o capitão da equipe.

Crédito imagem destacada: Gilvan de Souza

O que você pensa sobre isso?


Vire Apoiador do MRN: entenda melhor clicando nesse nesse link: bit.ly/ApoiadorMRN

Outras formas de ajudar este projeto:
– Nosso site faz parte do plano de afiliados do Nação, o programa de sócio-torcedor do Flamengo. Se você clicar em bit.ly/STdoMRN e aderir ao programa, ou até mesmo renovar seu atual plano, o Mundo Rubro Negro ganha 50% da sua primeira mensalidade.