Na manhã desta quarta-feira (16), no Estádio Moça Bonita, em Bangu, o Flamengo foi superado por 2 a 1 pelo Vasco, no primeiro jogo da decisão do Campeonato Carioca Sub-20. Paulo Vitor e Alan Cardoso anotaram os tentos do Almirante, enquanto Lincoln descontou para o Mais Querido.

Os times voltam a encontrar na próxima quarta-feira (23), às 10h, novamente em Moça Bonita. Na final do campeonato não há gol qualificado. Portanto, se o Flamengo vencer por um gol de diferença a decisão será nos pênaltis; empate dá o título ao Vasco.

O jogo

O Vasco propôs o jogo na base do toque de bola. Bem postado, o Rubro-Negro deixou claro qual era a estratégia logo no início: contra-atacar. Apesar da boa movimentação de ambos os times, a primeira chance real de gol surgiu aos 21 minutos, em um chute cruzado de Paulo Vitor.


O Vasco seguiu pressionando pelo meio-campo. Em duas bolas enfiadas no meio da zaga rubro-negra, Evander deixou Paulo Vitor na cara do gol. Na primeira, a arbitragem marcou o impedimento. Já na segunda, o atacante foi desarmado. O Mais Querido respondeu logo em seguida, aos 25 minutos. Numa bela jogada de contra-ataque pelo lado direito, Lucas Silva chegou à linha de fundo e fez o cruzamento visando a área. Sozinho, Lincoln mandou no travessão, na melhor oportunidade do jogo.

Após o susto, o Vasco voltou a controlar as ações. Aos 31 minutos, Paulo Vitor recebeu mais uma belo lançamento, deixou o lateral Kleber na saudade e tocou por baixo do goleiro Gabriel Batista: 1 a 0 Vasco. A vantagem cruzmaltina, porém, durou pouco tempo. Cinco minutos depois, Kleber cobrou uma falta pela ponta esquerda, Lincoln subiu mais alto que a zaga adversária e igualou o marcador: 1 a 1 no clássico. Após o empate, o jogo perdeu a intensidade e os times foram para o intervalo em iguais condições.

No primeiro lance da etapa final, o goleiro Gabriel Batista salvou o Flamengo de sofrer o segundo gol. A zaga rubro-negra vacilou, e se não fosse a intervenção do arqueiro, a bola cabeceada por Alan Cardoso teria entrado. Completamente desorganizado, o Rubro-Negro não conseguia trabalhar a bola. O Vasco aproveitou o mau momento do time vermelho e preto e seguiu pressionando. Aos seis minutos, Alan Cardoso desempatou: 2 a 1 Vasco.


Mesmo em vantagem, o Vasco seguiu atacando. Gabriel Batista apareceu com defesa à queima-roupa, defesa de mão trocada e uma outra defesa milagrosa, no cantinho. Parecia jogo de um time só. Mas os Garotos do Ninho melhoraram após a parada técnica. Lincoln acertou novamente o travessão após cruzamento de Kleber. O Flamengo reagiu, mas não conseguiu o empate.

Foto: Carlos Gregório Jr / Vasco da Gama 


O Mundo Rubro Negro precisa do seu apoio. Contribua mensalmente com nosso trabalho. Clique aqui:bit.ly/ApoiadorMRN


Seja um #ApoiadorMRN! Ajude contribuindo com R$ 5, R$ 10 ou R$ 20 mensais e participe do nosso grupo exclusivo de WhatsApp e muito mais. Esta é a forma que nós temos de manter e planejar o nosso projeto como um todo. Se você possui um negócio ou serviço que precisa ser divulgado, temos planos de apoio a partir de R$ 50 mensais com publicidade no nosso site e redes sociais. Clique aqui e vire um #ApoiadorMRN: bit.ly/ApoiadorMRN
Participe da campanha especial de arrecadação para viabilizar a produção e edição de conteúdo no canal do MRN no YouTube. Doe qualquer quantia de forma rápida e segura!