mrn infÓtimas atuações, gols, arrancadas e assistências. Cada vez mais o atacante Marcelo Cirino comprova a expectativa depositada e supera a desconfiança por conta do posicionamento proposto por Luxemburgo

 Mairon Aquino (Twitter: @norian7)

Com o fim da folia, o Flamengo voltou a campo na noite desta quinta-feira. Em jogo válido pela quinta rodada da Taça Guanabara, o Rubro-Negro venceu o Boavista por 2×0 no Maracanã e assumiu a liderança do estadual, agora com 13 pontos.

Viu-se um primeiro tempo sem chances claras de gol, com um Flamengo beirando a apatia e esbarrando na defesa do Boavista, que bem se fechou e evitou. Assim sendo, o contra-ataque, arma fundamental do Flamengo 2015, deu resultado. Em velocidade, Nixon acionou Cirino, que invadiu e bateu no canto de  Carné para abrir o placar. Eram 11 minutos do segundo tempo.

Eduardo da Silva e Gabriel, que vêm buscando melhor ritmo de jogo, deram as caras na segunda etapa, onde aos 27 minutos Everton recebeu de Cirino, autor do primeiro gol, e finalizou para marcar o segundo e último gol do Flamengo. 2×0.

A noite terminara, ainda, em ritmo de homenagens. Léo Moura, que começou no banco, confirmou que a despedida se aproxima e entrou no lugar de Thallyson. O lateral, ídolo da Nação, foi ovacionado por quase 25 mil presentes no Maracanã.

O Flamengo assume a liderança com 13 pontos, empatado com Botafogo e Volta Redonda, mas à frente nos critérios de desempate. O Rubro-Negro volta a campo no domingo, às 16h, frente ao Madureira, em Volta Redonda.

Marcelo Cirino

Veloz, decisivo e preciso.

É no embalo de Marcelo Cirino que o Flamengo é atual líder do Carioca. Conhecido pela velocidade, mas também por ‘preferir’ assistência a gols, o atacante vai caindo nas graças da maior torcida do país.

Tá voando!

Tá voando!

Com assistências e 4 gols no estadual, sendo vice-artilheiro da competição ao lado de Bill, do Botafogo, e os números mostram um Cirino mantendo regularidade naquilo que gosta e deve exercer, afinal todo atacante precisa ter faro de matador.

Pós-duelo contra o Boavista, Luxemburgo ressaltou que o jogador está se adaptando ao clube e a uma nova posição.

Além disso, que o camisa 7 não é só um atacante, mas um atacante solto. Hoje, mais uma vez, vimos dar resultado.

Sinal de que Marcelo está se adaptando bem, sim, à nova função e ao novo clube, bem como a Nação, que tem tudo pra ganhar um novo ídolo.


 


IMG-20150219-WA0134

Associe-se e ajude o Mengão!

 

Comente abaixo!