CP1alRyWUAAWWpc


MARIANA SÁ | Twitter @imastargirl

mrn infAntes do clássico contra o Vasco neste domingo (27), o Flamengo foi até a Gávea para treinar diante de sua torcida. Apesar de ter sofrido duas derrotas seguidas, o rubro-negro segue confiante de que conseguirá a vaga para a Libertadores. Com poucas mudanças no time titular, Oswaldo comandou o único treinamento aberto da semana.

O treino começou às 10h sob calor intenso no Rio de Janeiro. A grande novidade foi a volta de Emerson Sheik, que estava lesionado e pode ser titular amanhã. Wallace, fora por um estiramento na coxa, seguiu fazendo trabalhos na academia. Ederson era a grande dúvida, já que era esperado que ele pudesse iniciar a partida, mas Oswaldo acredita que ele ainda está sem ritmo.

Oswaldo de Oliveira ouviu muitas reclamações da torcida em relação aos gols tomados por bola na área e mostrou que trabalha bastante para melhorar a situação. A intensiva tentativa de mudar o posicionamento dos defensores ficou evidente e é claro que o time também enxerga isso como uma falha importante.

A equipe também treinou faltas, pênaltis e algumas jogadas ensaiadas. Além disso, Oswaldo organizou alguns problemas táticos, mas não deu muitas pistas de como será a formação para amanhã. Tanto Flamengo quanto Vasco investiram em treinamentos fechados durante a semana e querem guardar as surpresas para o jogo.

Outro destaque foi a presença de Eduardo Bandeira de Mello, atual presidente do clube, além de Cacau Cotta, candidato ao cargo, e Alexandre Póvoa, que hoje está na Chapa Verde. Todos conversaram com sócios e imprensa durante a atividade do time.


O clima de descontração em campo não tirou a preocupação dos jogadores com a partida, já que os últimos confrontos contra o Vasco não têm sido satisfatórios para o rubro-negro. A torcida presente cobrou muito um time mais atento e com mais vontade de vencer.

Durante a coletiva, Oswaldo de Oliveira mostrou animação e confiança para amanhã. Sobre a ausência de Ederson no time titular, o treinador afirmou que o período de readaptação é longo e que a lesão atrapalhou, mas a expectativa é que com o tempo melhore. Perguntado sobre a torcida, o técnico disse “Foi um treinamento que eu precisei falar bastante e, com a presença da torcida, eles (jogadores) precisavam de muita concentração. Foi bom para todos.”.

Questionado sobre constante mudança na escalação titular, o treinador não se mostrou preocupado. Ele afirma que é muito por conta de lesões constantes e suspensões, mas que a mudança acaba sendo boa em alguns casos. Sobre Guerrero, que voltou na última partida depois de um mês fora, Oswaldo afirmou que sabe da qualidade dele e que tem certeza que em breve o atacante voltará a marcar.

Sem se sentir pressionado pelos resultados passados e sabendo da importância da vitória, o Flamengo enfrenta o Vasco amanhã no Maracanã às 16h. Mais de 30 mil ingressos já foram vendidos e o setor destinado a torcida rubro-negra já esgotou.

 

Comente pelo Twitter @MRN_CRF ou direto na fanpage do MRN no Facebook (clique aqui). Sua opinião faz toda diferença!

ÚLTIMAS DO MUNDO RUBRO NEGRO

FlaExperience ganha réplicas das camisas usadas no Mundial

FlaBasquete apresenta time, pacote de ingressos e ações com torcedores para atrair mais público na temporada 15/16

Papo Rubro-Negro! Interior do Ceará tem programa de rádio exclusivo do Mengão

Mil dias de Eduardo Bandeira de Mello

O maior radialista que o Flamengo conheceu

Vamos fingir respeito com a Chacota Nacional

 

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

SIGA A GENTE NO TWITTER